A EDUCAÇÃO NO/DO CAMPO COMO POSSIBILIDADE DE PERMANÊNCIA DO JOVEM NA TERRA: os desafios da Escola Municipal Rural São Joaquim em Selvíria (MS)

  • Adriana Franco Felipe
  • Marco Aurélio da Silva Arlindo

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo estudar os desafios da Escola Municipal Rural São Joaquim do Município de Selvíria (MS), em especial a permanência dos jovens no campo. A questão principal é analisar o contexto onde esses jovens alunos estão inseridos, a escola e o próprio assentamento. Assim, identificar os desafios dessa realidade e suscitar uma reflexão sobre o papel da Escola Rural a partir do processo educacional prático e reflexivo, que contribuam para agregar valores na formação, e possibilite a permanência do jovem na terra/no campo. O estudo é resultado do relato de experiência a partir de uma análise “in loco” amparada em estudos bibliográficos e entrevistas realizadas com alunos, professores e direção da Escola Municipal Rural São Joaquim.
Como Citar
FELIPE, A. F.; ARLINDO, M. A. DA S. A EDUCAÇÃO NO/DO CAMPO COMO POSSIBILIDADE DE PERMANÊNCIA DO JOVEM NA TERRA: os desafios da Escola Municipal Rural São Joaquim em Selvíria (MS). Revista Eletrônica da Associação dos Geógrafos Brasileiros Seção Três Lagoas, v. 1, n. 24, p. 235-259, 11.
Seção
Artigos