Histórico do periódico

Os Seminários sobre a BNCC são fruto dos esforços de um grupo de professores da UFMS em parceria com os movimentos sociais, em particular com a Federação dos Trabalhadores em Educação do MS (FETEMS), com o Sindicato Campo- Grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE/MS) e a Associação de Docentes da UFMS (ADUFMS); além as instituições públicas de ensino como a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).

Trata-se de um evento contra hegemônico que visa a discutir a concepção formalista e conteudista de currículo que tanto anima a BNCC, abrindo espaço para o diálogo entre todas as áreas que compõem o currículo escolar, de modo a propor alternativas outras para o que está (im)posto.

Os Seminários têm por objetivo central contextualizar a Base Nacional Comum Curricular e a Reforma do Ensino Médio (Lei 13.415/17) no conjunto das políticas públicas e reformas curriculares nacionais e internacionais, destacando intencionalidades, projetos políticos e econômicos e sujeitos que vêm atuando em sua formulação e implementação. 

 

A Revista dos Seminários sobre a BNCC (SemBNCC) apresenta as publicações decorrentes destes eventos: Caderno de Resumos e Anais.