A Relação das Políticas de Educação, Saúde e Assistência Social Frente aos Desafios da Educação Inclusiva

  • Neiva Silvana Hack Centro Universitário Uninter
  • Deborah Ribeiro Carvalho Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
Palavras-chave: Intersetorialidade, Crianças e adolescentes com deficiência, Inclusão Escolar, Rede

Resumo

O reconhecimento da educação inclusiva como direito desafia gestores e operadores da política pública de educação. Assegurar educação especial na escola regular implica na incorporação de novos saberes e práticas, que transcendem a dimensão educativa e compreendem questões de saúde, família e desenvolvimento social. Este estudo parte do pressuposto que a efetividade da inclusão escolar requer contínua articulação em rede, com destaque para a intersetorialidade entre as políticas de educação, saúde e assistência social. Teve como objetivo reconhecer o acesso de crianças e adolescentes com deficiência aos serviços destas três políticas.  Foi realizada pesquisa de campo, com aplicação de formulários sobre o acesso aos serviços das redes locais: centros de educação infantil; escolas; colégios; unidades de saúde; centros de referência de assistência social e escolas especiais. Participaram 46 familiares e 119 profissionais. Identificou-se que: nem todos os serviços mantém registros sobre crianças e adolescentes com deficiência; desconhecimento da divisão territorial e seus espaços de atendimento; não pactuação de instrumentos padrão de comunicação intersetorial, bem como ausência de reuniões de rede com a finalidade da proteção ao público estudado; e articulação da rede por meio das práticas familiares. Foram realizadas análises quantitativas e qualitativas sobre os resultados, à luz do pressuposto da intersetorialidade. Ainda constitui um desafio para a educação e demais políticas básicas, superar o modelo setorial de gestão e efetivar a articulação em rede presumida para a concretização do direito à educação inclusiva e proteção integral da criança e do adolescente com deficiência.

                                                                                     

Biografia do Autor

Neiva Silvana Hack, Centro Universitário Uninter
Assistente Social, Especialista em Gestão Social, Mestre em Tecnologia em Saúde. Professora no curso de Bacharelado em Serviço Social do Centro Universitário Uninter. Assessora e consultora em políticas públicas.
Deborah Ribeiro Carvalho, Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
Bacharel em Processamento de Dados. Mestre em Informática Aplicada. Doutora em Informática Aplicada. Doutora em Computação de Alto Desempenho. Docente do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia em Saúde (PPGTS) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR.
Publicado
2018-08-18