O OLHAR E O OUTRO

diálogo entre Lacan e Merleau-Ponty

Palavras-chave: Olhar. Corpo. Outro. Imaginário. Subjetividade.

Resumo

Sabe-se que a Fenomenologia, desde seu início, conversa com a Psicanálise no intuito de pôr em pauta a discussão dos conceitos e das críticas direcionadas à mesma. Merleau-Ponty está inserido nesse contexto de aproximação entre ambas, tanto que seu último livro influenciou o pensamento de Lacan. Na sua ontologia do sensível, o tecido carnal faz uma comunhão do corpo com o mundo, e é onde o vidente se depara com outro olhar que não é o seu. O Outro causa uma fissão na Carne merleau-pontyana, apresenta-se como outro vidente, retira a soberania do Eu, mas vai desembocar em Lacan na afirmação do Real sem prejuízo do registro simbólico-imaginário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiana Hadlich, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Doutoranda em Filosofia (UFSM) com ênfase no estudo fenomenológico e político da corporeidade em Merleau-Ponty. Possui graduação em Filosofia (UFSM - 2011), mestrado em Filosofia (UFSM - 2013) na área de Fenomenologia, e especialização em Gestão Social, Políticas Públicas e Defesa de Direitos (Universidade Pitágoras Unopar - 2018). Teve sua pesquisa de mestrado voltada para a possibilidade da construção de uma perspectiva ética em Merleau-Ponty, baseada na percepção do comportamento dentro da experiência antepredicativa husserliana. É membro do Grupo de Pesquisa QUIASMA (CNPq - UNIOESTE), e do Grupo de Pesquisa Fenomenologia da Vida (CNPq - UFSM). Atualmente, em sua pesquisa de doutorado, seus estudos envolvem a sensibilidade e o invisível na ontologia de Merleau-Ponty. Autora de livro didático da Valley Editora e docente das disciplinas de Filosofia e Sociologia no Totem Vestibulares/RS

Referências

ASSOUN, Paul-Laurent. Le regard et la voix, leçons de psychanalyse, Paris: Anthropos. 2001.

CHAUÍ, Marilena. Experiência do Pensamento: ensaios sobre a obra de Merleau-Ponty. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

FREUD, Sigmund. Trois essais sur la théorie de la sexualité. Paris, Gallimard, 1905/1987.

LACAN, Jacques. O estádio do espelho como formador da função do eu. In: LACAN, Jacques. Escritos. Rio de Janeiro: Zahar, 1949/1998a.

LACAN, Jacques. O Seminário, livro 2: O eu na teoria de Freud e na técnica da psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar, 1955/ 2010.

LACAN, Jacques. O Seminário, livro XI: Os Quatro Conceitos Fundamentais da Psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1964/1998b.

LACAN, Jacques. O Seminário, livro 17: o avesso da psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1992.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Le structure du comportement. Presses Universitaires de France: Paris, 1942/1967.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Le visible et l'invisible. Paris: Gallimard, 1964.

MERLEAU-PONTY, Maurice. L’Oeil et L’Esprit. Paris: Gallimard, 1964/1992.

MERLEAU-PONTY, Maurice. La Prose du monde. Paris: Gallimard, 1969.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Phénoménologie de la perception. Paris: Gallimard, 1945/1972.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Signes. Paris: Gallimard, 1960.

MÜLLER, Marcos José. A esquize do olho e do olhar na arte: Lacan leitor de Merleau-Ponty. Revista Sofia, vol. 4, n.2, 2015, p. 393-406. DOI: <https://doi.org/10.47456/sofia.v%25vi%25i.11135>. Disponível em: <https://periodicos.ufes.br/sofia/article/view/11135>. Aceesso em: 23 abr. 2021.

SHEPHERDSON, C. Uma libra de carne: a leitura lacaniana d’O visível e o invisível. Discurso, n. 36, p. 95-126, 2007. DOI: <http://doi.org/10.11606/issn.2318-8863.discurso.2007.38074>. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/discurso/article/view/38074>. Acesso em: 23 abr. 2021.

QUINET, Antonio. Os outros em Lacan. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

Publicado
2021-10-22
Como Citar
Hadlich de Oliveira, J. (2021). O OLHAR E O OUTRO. Eleuthería - Revista Do Curso De Filosofia Da UFMS, 6(Especial), 95 - 107. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/reveleu/article/view/13533
Seção
Artigos