MODA UPCYCLING: O DESENVOLVIMENTO DE ACESSÓRIOS ATRAVÉS DE RESÍDUOS DE MADEIRA

Lariane Davila Borges de Oliveira, Danila Cristiane Marques Sanches Dockhorn

Resumo


O presente trabalho demonstra a preocupação com a área da sustentabilidade e do design de moda, com o intuito de trabalhar em conjunto com essas duas temáticas. O principal objetivo da pesquisa é o desenvolvimento de acessórios produzidos a partir de resíduos de madeira, por meio da técnica
upcycling. Propõem-se verificar a viabilidade deste conceito e o aplicar a fim de reduzir os impactos ambientais ocasionados pela indústria. A autora desenvolve a coleção de acessórios com resíduos doados por empresas madeireiras da cidade de Ibirama (SC). Os dados relevantes da pesquisa foram coletados por meio do focus group – metodologia que utiliza uma reunião informal para a coleta de dados, com o propósito de obter resultados mais aprofundados com base no olhar do consumidor em relação aos artigos desenvolvidos. O público-alvo desta pesquisa foi uma pequena amostra de 09 participantes, o qual foi definido por meio de afinidade com o tema proposto. Mediante os dados coletados percebe-se que a coleção desenvolvida desperta a sensação de novidade e exclusividade, bem como apontamentos de melhoria para as próximas peças. O trabalho propõe principalmente uma saída criativa para novos produtos de moda com uma visão sustentável.

Palavras-chave


Upcycling. Madeira. Design de moda; Resíduos de madeira; Reutilização.

Texto completo:

PDF

Referências


CABAÇAS, Filipe Arnaldo Marques Pessoa. Design de mobiliário sustentável: extensão do

tempo útil de vida do produto pela reutilização. Universidade técnica de Lisboa. Faculdade de

arquitetura, 2011. Disponível em: . Acesso

em: 12/06/2016.

CALANCA, Daniela; Tradução de Renato Ambrosio. História Social da Moda. Editora SENAC

São Paulo. São Paulo, Brasil, 2008.

CAMPOS, Amanda Queiroz; RECH, Sandra Regina. Considerações sobre moda, tendências e

consumo. UDESC CEART, 2014. Disponível em:

moda,%20tend%C3%AAncias%20e%20consumo.pdf>. Acesso em: 20/04/2016.

CONTINO, Joana Martins. O fast fashion e a condição pós-moderna. 2012. Disponível em:

. Acesso em: 30/05/2016.

CRANE, Diana. A moda e seu papel social: classe, gênero e identidade das roupas. São Paulo:

Editora SENAC São Paulo, 2006.

FIORINI, Verônica. Design de moda: abordagens conceituais e metodológicas. In: PIRES,

Dorotéia Baduy at al. Design de moda: olhares diversos. Editora Estação das Letras e Cores.

Barueri; Perdizes, 2008

HEDLUND, Thaiane de Almeida. A redução dos impactos ambientais como proposta para o

desenvolvimento de luminária a partir de resíduos de MDF. Unijuí – Universidade Regional do

Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, 2013. Disponível em:

. Acesso em: 12/06/2016.

KAZAZIAN, Thierry (organizador); tradução de Eric Roland Rene Heneault. Haverá a idade das

coisas leves. 2ª Edição. Editora SENAC São Paulo. São Paulo, Brasil, 2005.

LARA, Maria Claudia Cougo de; CARNEIRO, Stephanie Cristina; FABRI, Hélcio Prado.

Upcycling: uma nova perspectiva para os produtos de moda. Disponível em:

. Acesso em: 18/02/2016.

LIMA, Paula Garcia. Moda, necessidade e consumo. 2007. Disponível em:

ticulos_pdf/A6037.pdf >. Acesso em: 18/04/2016.

LIPOVETSKY, Gilles. O Império do Efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas.

São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

MALHOTRA, Naresh K. Pesquisa de Marketing: Uma orientação aplicada. Tradução: Lene Belon

Ribeiro, Monica Stefani. 6. Ed. Porto Alegre, Bookman, 2012.

MANZINI, Ezio; VEZZOLI, Carlo. Trad. CARVALHO, Astrid de.2002. O desenvolvimento de

produtos sustentáveis: os requisitos ambientais dos produtos industriais. EDUSP - Editora da

Universidade de São Paulo. São Paulo, Brasil, 2002.

MERICO, Luiz Fernando Krieg. Economia e sustentabilidade: o que é, como se faz. Edições

Loyola, São Paulo, Brasil, 2008.

MORELLI, Graziela; ITO, Vanessa Harumi. Minimalismo, geometria e pop art: direções para o

desenvolvimento de uma coleção de vestuário. Disponível em:

_MINIMALISMO,_GEOMETRIA_E_POP_ART_DIRECOES_PARA_O_DESENVOLVIMENT

O_DE_UMA_COLECAO_DE_....pdf>. Acesso em: 29/09/2016.

PAOLIELLO, Piera Consalter; SOUZA, Patrícia de Mello. Remodelagem aplicada ao conceito de

upcycling: alternativa para descartes têxteis. Disponível em:

. Acesso em: 20/02/16.

PARDINI, Lidia Dobon; GOYA, Cláudio Roberto y; IAMAGUTI, Akira Souza; AMANO,

Tatiane; FABRE, Aline. Mobiliário sustentável a partir de resíduos da produção de madeira.

º P&D Design Congresso Brasileiro de pesquisa e desenvolvimento em design, 2014. Disponível

em: . Acesso em: 20/02/2016.

PEREIRA, A. F.; CARVALHO, L. Resíduo de madeira: matéria-prima alternativa usada sob

critérios de ecodesign e design estratégico. 9º Congresso Brasileiro de Pesquisa e

Desenvolvimento em Design. P&D Design. 2010.

PINTO, Cynthia. Sustentabilidade inserida no design de joias através das gemas vegetais.

Disponível em:

SUSTENTABILIDADE-INSERIDA-NO-DESIGN-DE-JOIAS-ATRAVES-DAS-GEMASVEGETAIS.pdf >. Acesso em: 20/02/2016.

RASEIRA, Cristine Bassols. Design e tecnologia aplicados a resíduos de madeira:

especificações para o processo de corte a laser em marchetaria. Universidade Federal do Rio

Grande do Sul. Escola de Engenharia. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em

Design, 2013. Disponível em: . Acesso em:

/06/2016.

SCHULTE, Neide Köhler; LOPES, Luciana Dornbusch; ROSA, Lucas da; PADILHA, Mayeni

Medeiros. Logística reversa, reutilização e trabalho social na moda. 2014. Disponível em:

. Acesso em: 02/06/2016.

SOUZA, Ágatha Fernanda Puget de. UPCYCLING: O mercado pet atrelado à consciência

ambiental. Disponível em:

%C3%81GATHA%20PUGET%20.%20PDF.pdf>. Acesso em: 26/02/16.

SOUZA, Cyntia Santos Malaguti de; PINTO, Adriana. Roupas feitas de roupas. Disponível em:

. Acesso em: 23/02/2016.

THOMPSON, Rob; tradução: Débora Isidoro. Materiais sustentáveis, processos e produção.

Editora SENAC São Paulo. São Paulo, Brasil, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.