PANTANAL DE CÁCERES - MT: DINÂMICA DAS MARGENS DO RIO PARAGUAI ENTRE A CIDADE DE CÁCERES E A ESTAÇÃO ECOLÓGICA DA ILHA DE TAIAMÃ -MT

Célia Alves de Souza, Sandra Baptista Cunha

Resumo


A dinâmica das margens do corredor fluvial entre a cidade de Cáceres e
a Estação Ecológica da Ilha de Taiamã foi estudada, avaliando-se a erosão
acumulada em dezessete seções, durante um período de onze meses. Os dados de
erosão acumulada do solo foram associados a alguns atributos das margens, tais
como a composição do solo na face da margem (granulometria, densidade aparente
e teor de matéria orgânica), altura do barranco, oscilação do nível da água no do rio
e alternância no nível de vazão (mensal). O monitoramento da erosão das margens
tem sua importância social como prevenção de desmoronamentos de barracos em
áreas urbanizadas, bem como importância econômica, evitando a perda de terrenos
em áreas rurais e urbanas, além de mostrar a dinâmica do canal em termos de
erosão.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

  Creative Commons License  Este trabalho está licenciado sob uma Licença Internacional Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0