A VARIABILIDADE CLIMÁTICA NO SUL DE MINAS GERAIS E SUA INFLUÊNCIA NA PRODUÇÃO CAFEEIRA – UM ESTUDO DE CASO

Paulo Henrique de Souza, Bruno César dos Santos

Resumo


A produção de café da porção Sul do estado de Minas Gerais responde por 25% do volume nacional. Em função disto, esta porção do território mineiro apresenta grande dependência econômica da lavoura cafeeira, ressentindo-se das quebras de safra ocasionadas pela sazonalidade climática. Atentando para isto, o estudo da dinâmica atmosférica nessa área foi desenvolvido, verificando as tendências do ritmo climático na mesma, cuidando em destacar todo o dinamismo apresentado ao longo do período de anos considerados. Com base nos objetivos propostos para a pesquisa, observou-se uma permanente oscilação nas variáveis atmosféricas consideradas, assim como na produção da safra cafeeira; no entanto, dada a magnitude de dados manipulados e a generalização que o cálculo de médias impôs aos números finais analisados, verificou-se a necessidade de serem aprofundados os estudos particularizando-se os dados diários, pois os extremos ocorridos num dia específico acabaram por ser desconsiderados na média diária que foi utilizada na média mensal e depois na anual. Também se verificou que a qualidade dos dados disponibilizados pelos órgãos públicos precisa ser revista uma vez que a série de dados obtida junto ao IBGE (2010) acusou generalizações excessivas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

  Creative Commons License  Este trabalho está licenciado sob uma Licença Internacional Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0