AS TRANSFORMAÇÕES DA PAISAGEM NA UNIDADE DE PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO IVINHEMA A PARTIR DA EXPANSÃO DA CANA-DE-AÇÚCAR

  • Sérgio Costa Pinto Junior
  • Charlei Aparecido Silva
  • André Geraldo Berezuk

Resumo

Nos últimos anos, a crescente importância socioeconômica da cultura canavieira vem refletindo em um aumento significativo de área plantada na região da Unidade de Planejamento e Gerenciamento (UPG) Ivinhema-MS, a qual coincide basicamente com a bacia hidrográfica do rio Ivinhema, uma importante área cuja presença do agronegócio se faz intensa no Estado do Mato Grosso do Sul. É conhecido que o desenvolvimento da agricultura pode trazer consequências irreversíveis para os ecossistemas, para as paisagens, para a biosfera, para a diversidade biológica; interferindo também na dinâmica de populações, alterando os riscos de extinção e etc. Nesse sentido, o presente artigo, com bases em Bertrand, Cosgrove, Christofoletti, dentre outros, fará uma discussão sobre os conceitos paisagem, relacionando-os com as mudanças na produção espacial causadas pela expansão da cana-de-açúcar na UPG Ivinhema (MS), ao mesmo tempo, discutindo o papel do ZEE (Zoneamento Ecológico e Econômico) de Mato Grosso do Sul como objeto de ordenamento e gestão do território.
Publicado
2014-05-01
Seção
Artigos