A LUTA PELA TERRA EM QUEDAS DO IGUAÇU E A CONQUISTA CAMPONESA DOS ASSENTAMENTOS CELSO FURTADO E RIO PERDIDO

  • Djoni Roos

Resumo

A luta dos camponeses a fim de conquistar a terra e manter o seu modo de vida tem mostrado que o campo brasileiro está em movimento. Através de enfrentamentos como ocupações de terra, manifestações, acampamentos, entre outras formas de resistência, os camponeses tem posto na pauta política do país um projeto diferente para a agricultura brasileira. O projeto do campesinato está assentado na democratização da terra e acesso à condições para as famílias se desenvolverem socialmente. Por meio de sua organização os camponeses têm alcançado um conjunto de conquistas das quais se destaca a terra de assentamento. Neste contexto de embate pela terra e conquistas camponesas que se procura contextualizar e discutir o processo de luta pela terra no município de Quedas do Iguaçu, evidenciando a conquista dos assentamentos Rio Perdido (1988), formado por 60 famílias e o assentamento Celso Furtado (2005), formado por 1089 famílias.
Publicado
2011-05-01
Seção
Artigos