CRISE ESTRUTURAL E O “AJUSTE ESPAÇO-TEMPORAL”: Desdobramentos na (re) produção do espaço

  • Roberson da Rocha Buscioli
  • Adáuto de Oliveira Souza

Resumo

Este artigo é fruto das discussões do primeiro capítulo da Dissertação de Mestrado em Geografia, defendida na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Tem como objetivo, compreender a relação entre Estado e Economia na (re)produção do espaço. De modo geral, buscamos esboçar nossa concepção acerca da categoria Estado, como, também, acerca do funcionamento do capitalismo, mais especificamente do sistema do capital e seu “caráter anárquico”, estruturalmente fragmentado, e como a partir de sua “crise estrutural” configura-se o ajustamento espaço/temporal. Particularmente, o que buscamos construir foi um aparato teórico que desse suporte para compreendermos a “crise estrutural” do sistema do capital, particularmente pós-1970, e de que forma Estado e Capital se inter-relacionam na definição do ajuste espaço-temporal.
Publicado
2011-05-01
Seção
Artigos