AVALIAÇÃO DE SEDIMENTOS DO LEITO NO CANAL CURUTUBA / PLANÍCIE FLUVIAL DO ALTO RIO PARANÁ, MATO GROSSO DO SUL – BRASIL

  • Fábio Luiz Leonel Queiroz
  • Paulo César Rocha

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar o comportamento dos sedimentos do leito em seções transversais no canal Curutuba (MS) / planície fluvial do alto rio Paraná, trecho a jusante da Usina Hidrelétrica (UHE) Engº Sérgio Motta (barragem de Porto Primavera), durante o período de vazante, relacionando-as com a influência de drenos nas suas margens. Os sedimentos do leito foram coletados por meio de um amostrador de mandíbula do tipo Van-Veenn, com auxílio de um barco. O material coletado passou por análise granulométrica por peneiramento a seco e posteriormente por análises estatísticas por meio do software Grânulo. Observou-se o predomínio de areia fina na seção Curutuba-Entrada e de areia grossa na seção Curutuba-Saída, o que indica aporte de sedimentos grosseiros que podem estar associados a problemas no uso e manejo da terra nas áreas próximas ao canal.

Publicado
2010-05-01
Como Citar
QUEIROZ, F. L. L.; ROCHA, P. C. AVALIAÇÃO DE SEDIMENTOS DO LEITO NO CANAL CURUTUBA / PLANÍCIE FLUVIAL DO ALTO RIO PARANÁ, MATO GROSSO DO SUL – BRASIL. Revista Eletrônica da Associação dos Geógrafos Brasileiros Seção Três Lagoas, n. 11, p. 147-164, 1 maio 2010.
Seção
Artigos