COOPERATIVAS AGRÍCOLAS NOS ASSENTAMENTOS RURAIS: O CASO DO MUNICÍPIO DE NOVA ANDRADINA/MS

Fabiano Greter Moreira

Resumo


Os processos organizacionais coletivos nos assentamentos rurais, no caso, assentamentos do município de Nova Andradina/MS, conduzem a formas de cooperação entre os assentados com o objetivo de fortalecê-los socioeconomicamente. Destaca-se dentre os processos organizativos coletivos nos assentamentos do município de Nova Andradina a cooperativa agrícola, COOPAOLGA (Cooperativa de Produção dos Agricultores Familiares do Assentamento Santa Olga). Para a realização desse trabalho foi feita uma pesquisa qualitativa utilizando-se de informações obtidas através de entrevistas semiestruturadas com os assentados. Dentre os principais resultados da pesquisa, ressalmos a possibilidade de geração de renda que a cooperativa pode gerar aos assentados, por meio de acesso aos mercados institucionais a partir de programas de venda de alimentos, com destaque para o PNAE (Programa Nacional da Alimentação Escolar), que contribui para a permanência dos assentados na terra. A cooperação nos assentamentos busca unir os assentados, afim de proporcionar melhores condições de produção e de vida em seus lotes.

PALAVRAS-CHAVE: Assentados; Lotes; Processos; Relações de Produção; Sistemas Cooperativistas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

  Creative Commons License  Este trabalho está licenciado sob uma Licença Internacional Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0