A ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA VERSUS O ACESSO A HABITAÇÃO: TEMOS QUE FAZER A LUTA PELA TERRA, A LUTA PELA MORADIA

  • Amanda Emiliana Santos Baratelli Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
  • Patrícia Patrícia Helana Milani Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, Mato Grosso do Sul

Resumo

Objetivamos entender o processo de especulação imobiliária em Três Lagoas/MS e suas consequências no âmbito da moradia. Elaboramos mapa dos vazios urbanos; realizamos entrevista com uma liderança de um movimento social por moradia de Três Lagoas. Apreendemos que essas terras sem uso tem intencionalidade: a especulação. Isso pressupõe usar a terra como reserva de valor. A problemática é como esse processo especulativo fere o direito à moradia. Viver a Cidade pressupõe vive-la como Obra, Lefebvre (1991), mas a concentração da terra fere o direito à moradia. Conforme terrenos são usados como reserva de valor, os trabalhadores são empurrados para as periferias. O espaço urbano condiciona e é condicionado a um conjunto de relações, dentre as quais movimentos sociais podem redirecionar a produção do espaço. O Movimento por Moradia Popular em Três Lagoas, formado por 144 famílias, conseguiu após anos de luta o Jardim Primaveras. Porém, ainda existem problemas, devido à localização do loteamento e a falta de serviços. Essas questões negam o sentido da Cidade, uma vez que o acesso à Cidade e ao que lhe é inerente, atravessa a lógica do consumo, de quem pode pagar por ela.

Biografia do Autor

Amanda Emiliana Santos Baratelli, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
Geografia Humana.
Patrícia Patrícia Helana Milani, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
Geografia Humana.

Referências

ALMEIDA, Rubenita Martins de; MILANI, Patrícia Helena. A resistência ao estilo de residências verticais nos conjuntos habitacionais em Três Lagoas-MS. In: Encontro Nacional da ANPEGE, 13, Anais... São Paulo – SP: Universidade de São Paulo, 2019.

BRASIL. Constituição Federal. Disponível em: http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/constfed.nsf/16adba33b2e5149e032568f60071600f/2b0b3fe92a9119b803256561007b7c24?OpenDocument; acesso em 03 de Outubro de 2019.

CALDAR, Roseli Salete. O MST e a formação dos sem terra: o movimento social como princípio educativo. Estudos Avançados, v. 15, n. 43, p. 207-224, 2001.

CHAUI, Marilena. Convite à filosofia. Ática, 1995.

CORRÊA, Roberto Lobato et al. O espaço urbano. São Paulo: Editora Ática, 1989.

LEAL, Greisse Quintino. Especulação imobiliária e vazios urbanos em loteamentos privados: um estudo de caso em Três Lagoas – MS. In: I SEMINÁRIO INTERNACIONAL DOS ESPAÇOS DE FRONTEIRA, 2011. Anais... Marechal Cândido Rondon – PR: Universidade Estadual do Oeste do Paraná, 2011.

LEFEBVRE, Henri. O direito à Cidade. São Paulo: Moraes, 1991.

LOJKINE, Jean. O estado capitalista e a questão urbana. Livraria Martins Fontes Editor, 1981.

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. A longa marcha do campesinato brasileiro: movimentos sociais, conflitos e Reforma Agrária. Estudos avançados, v. 15, n. 43, p. 185-206, 2001.

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino. Modo de Produção Capitalista, Agricultura e Reforma Agrária. São Paulo: FFLCH, 2007, 184p.

RODRIGUES, Arlete Moysés. Moradia nas cidades brasileiras. Cidade: Contexto, 1988.

SILVA, Guilherme Queiroz; CAMPOS, Larissa Santos dos. Análise e identificação de novos vazios urbanos na cidade de Três Lagoas – MS. In: XIX ENCONTRO NACIONAL DE GEÓGRAFOS BRASILEIRIOS. Anais... João Pessoa – PB: Universidade de São Paulo, 2018.

SOUZA, Jessé. Os batalhadores brasileiros: nova classe média ou nova classe trabalhadora? Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

SOUZA, Marcelo Lopes de. ABC do desenvolvimento urbano. Bertrand Brasil, 2003.

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. A questão cidade-campo: perspectivas a partir da cidade. IN: ______; WHITACKER, Arthur Magnon (Orgs.). Cidade e campo: relações e contradições entre urbano e rural. São Paulo: Expressão Popular, 2006. p. 111-155

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. Para pensar as pequenas e médias cidades brasileiras. Belém: Federação de Órgãos para a Assistência Social e Educacional/FASE; Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, UFPA, 2009.

ZANOTELLI, Cláudio Luiz; FERREIRA, Francismar Cunha. O espaço urbano e a renda da terra. GeoTextos, v. 10, n. 1, 2014.

Publicado
2019-12-01
Seção
Artigos