ISSN 2594-8407

Foco e Escopo

A Revista Ateliê do Turismo (AT) é um periódico on-line que publica artigos e ensaios originais que contribuem para o avanço do conhecimento do Turismo e Hospitalidade, em suas diversas interfaces com outras áreas. Com periodicidade semestral, a revista conta com a contribuição de autores nacionais e internacionais, contemplando como missão proporcionar um espaço de diálogo, difusão e reflexão científica, proporcionando o fomento, acessibilidade e disseminação dos estudos acadêmicos e científicos relacionados ao Turismo e Hospitalidade. Com abrangência nacional e internacional, os trabalhos escritos podem ser enviados em português, espanhol e inglês. A revista também prevê a publicação de entrevistas, relatos de experiências e resenhas de interesse à comunidade científica da área.

A partir dessa propositura, nasce a Revista Ateliê do Turismo, no ano de 2017, como um espaço de sociabilidade para a troca de informações e publicações de trabalhos, artigos e resenhas críticas referentes às temáticas relacionadas ao turismo/hospitalidade/lazer e áreas afins.

 

Tipos de manuscritos aceitos para publicação:

Artigos de Pesquisa – Podem ser estudos empíricos ou conceituais, com no máximo 10.000 palavras

Artigos de Revisão –  Podem ser estudos com anotações e críticas a literatura de um determinado campo do conhecimento do turismo, hospitalidade e lazer, com no máximo 10.000 palavras;

Notas de Pesquisa – São comunicações breves com relatos concisos, curtos sobre um tema específico de pesquisa, tópico, bem como desenvolvimento de uma teoria ou método, com no máximo 3000 palavras;

Ponto de Vista – Opinião e interpretação de um investigador com titulação obrigatória de Doutorado e/ou Estágio Pós-Doutoral para pesquisa e prática. Este tipo de manuscristo não deve exceder 3000 palavras;

Importante: a Ateliê do Turismo segue o processo de fluxo contínuo (na prática isso significa que à medida que um artigo esteja pronto e editorado, ele será publicado). Esta ação segue as tendências das publicações científicas internacionais, com exceção dos dossiês temáticos, cuja publicação depende da abertura de chamadas, propostas por um(a) ou mais organizadores(as). São aceitas contribuições em português, inglês e espanhol.