A COMPULSÃO DE CONSUMO TRANSFORMADA EM VÍCIO: UM DIÁLOGO NECESSÁRIO ENTRE BAUMAN E LIPOVESTKY

  • Dennis Verbicaro Universidade Federal do Pará-UFPA Centro Universitário do Pará-CESUPA
  • Caio Gabriel da Silva Motta UFPA

Resumo

O presente artigo, pelo método dedutivo, analisa a vulnerabilidade comportamental do consumidor diante do assédio da indústria cultural por um modelo de consumo predatório e transformado em vício, tomando-se como referência bibliográfica o diálogo sócio- filosófico entre Zygmunt Buaman e Gilles Lipovetsky no atual estágio da modernidade líquida ou diante dos diagnósticos sombrios de uma hipermodernidade.

Biografia do Autor

Dennis Verbicaro, Universidade Federal do Pará-UFPA Centro Universitário do Pará-CESUPA
Doutor em Direito do Consumidor pela Universidad de Salamanca (Espanha). Mestre em Direito do Consumidor pela Universidade Federal do Pará. Professor da Graduação e do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu da Universidade Federal do Pará-UFPA, Professor da Graduação e Especialização do Centro Universitário do Pará-CESUPA, Professor Visitante da Pós-Graduação Lato Sensu em Direito do Consumidor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS. É Procurador do Estado do Pará, Advogado e associado do Brasilcon.
Caio Gabriel da Silva Motta, UFPA
Graduando em Direito da UFPA e integrante do Grupo de Pesquisa “Consumo e cidadania” (CNPQ).

Referências

ANDRADE, L.H.; Wang, Y.P.; ANDREONI, S; SILVEIRA, C.M; ALEXANDRINO-SILVA, C. et al. São Paulo Megacity Mental Health Survey – A population-based epidemiological study of psychiatric morbidity in the São Paulo Metropolitan Area: aims, design and field implementation. 2012. Disponível em: <http://journals.plos.org/plosone/article/file?id=10.1371/journal.pone.0031879&type=printable>. Acesso em: 11 de Agosto de 2017.

BAUDRLLARD, Jean. A Sociedade de Consumo. Lisboa: Edições 70, 2010.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

______, Zygmunt. Vida Para Consumo: a transformação das pessoas em mercadoria. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

BERTÃO, Naiara. Brasil já é um dos maiores mercados “fitness” do mundo. Disponível em: <http://exame.abril.com.br/revista-exame/brasil-ja-e-um-dos-maiores-mercados-fitness-do-mundo/>. Acessado em: 19/01/2017.

EQUIPE INNOVARE. Dados Sobre a Ansiedade no Mundo. Disponível em: <http://www.innovarepesquisa.com.br/blog/dados-sobre-ansiedade-mundo/>. Acessado em: 19/01/2017.

IHRSA, International Health, Racquet & Sportsclub Association. IHRSA Latin American Report: Dimensão e Abrangência dos Principais Mercados de Academias. Tradução de Dayse Helena dos Santos. IHRSA, 2012. Disponível em: <http://fitnessmais.com.br/download/vendas/Ihrsa-Latin-American-Report-Portuguese.compressed.pdf>. Acessado em: 11 de agosto de 2017.

LIPOVETSKY, Gilles. Os Temos Hipermodenos. São Paulo: Editora Barcarolla, 2004.

______, Gilles. O Império do Espetáculo e do Divertimento. In: LIPOVETSKY, Gilles; SERROY, Jean. A Estetização do Mundo: Viver Na Era Do Capitalismo Artista. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

VERBICARO, D.; VERBICARO, L. A indústria cultural e o caráter fictício da individualidade na definição do conceito de consumidor-comunidade global. Revista Jurídica Cesumar - Mestrado, v. 17.

Publicado
2018-01-05