EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS E ENSINO JURÍDICO: UM DIÁLOGO NECESSÁRIO

Milena Moraes Lima, José Edmilson de Souza Lima

Resumo


Na atualidade, é notável o esforço conjunto da comunidade internacional na busca por modos de assegurar cada vez mais a efetividade das garantias compreendidas como direitos humanos, sendo que o Brasil é signatário de diversos instrumentos internacionais nesse sentido. No bojo deste debate, é proposto no presente artigo a realização de um diálogo entre o conceito de educação em direitos humanos e o ensino jurídico contemporâneo. A proposta apresentada neste estudo se mostra relevante e justificada, uma vez que traz para o ensino jurídico uma visão alternativa, que busca assegurar maior efetividade a essas garantias. Os dados que serão apresentados foram coletados por meio da pesquisa bibliográfica. Na parte inicial do estudo foi apresentado o conceito de direitos humanos que aqui se adota, seguida pela exposição do significado de direito à educação e do conceito de educação em direitos humanos. A segunda parte da pesquisa foi dedicada à descrição do predominante panorama atual do ensino jurídico, o qual se revelou insuficiente, uma vez que o seu enfoque é limitado à formação meramente técnica do bacharel. No último tópico procedeu-se ao diálogo entre o conceito de educação em direitos humanos e a formação jurídica atual. Por meio da pesquisa foi possível concluir que, ao aplicar o conceito de educação em direitos humanos no ensino jurídico, o modo de pensar e ensinar o Direito amplia-se para além dos aspectos técnico, formal e normativo, passando a incluir também a perspectiva da realidade social em que ele será aplicado, bem como os atores invisibilizados pelo discurso normativo. Portanto, o diálogo entre os dois conceitos resulta na necessidade de se atribuir ao ensino jurídico a responsabilidade de formar bacharéis conscientes e envolvidos ativamente na resolução das problemáticas sociais, bem como na busca pela efetividade dos direitos humanos nas suas ações como juristas.


Texto completo:

PDF

Referências


BENEVIDES, Maria Victoria. Educação em direitos humanos: de que se trata? In: LEITE, Raquel Lazzari (Org.). Formação de educadores: desafios e perspectivas. São Paulo, SP: UNESP, 2003, p. 309-318

BITTAR, Eduardo C. B. Educação e metodologia para os direitos humanos: cultura democrática, autonomia e ensino jurídico. In: SILVEIRA, Rosa Maria Godoy, et al. Educação em Direitos Humanos: fundamentos teórico-metodológicos. João Pessoa, PA: Editora Universitária, 2007, p. 313-334.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Promulgada em 5 de outubro de 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm> Acesso em: 14 jan. 2018.

BRASIL, Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução nº 1, de 30 de Maio de 2012. Establece Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos. Diário Oficial [da] União, Brasília, DF, 31 de maio de 2012. Seção 1, p. 48. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/rcp001_12.pdf> Acesso em: 14 jan. 2018.

COLAÇO, Thais Luzia. Novas perspectivas para a antropologia jurídica na América Latina: o direito e o pensamento decolonial. Florianópolis, SC: Fundação Boiteux, 2012. (Pensando o Direito no Século XXI)

DIAS, Adelaide Alves. Da educação como direito humano aos direitos humanos como princípio educativo. In: SILVEIRA, Rosa Maria Godoy, et al. Educação em Direitos Humanos: fundamentos teórico-metodológicos. João Pessoa, PA: Editora Universitária, 2007, p. 441-456.

FURTADO, Rosyanne Silveira da Mata. Ensino jurídico e direitos humanos: itinerários para formação de uma dimensão axiológica, humanista e inclusiva. 2012. 158 f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Faculdade de Direito do Sul de Minas, Pouso Alegre, MG, 2012.

GRIJO, Abigail Denise Bisol; SANTOS, Débora de Oliveira. A cidadania e a democracia na esfera da educação em direitos humanos. In: V Congresso Nacional da Fepodi, 2017, Campo Grande, MS. Anais... Florianópolis: FEPODI, 2017. Disponível em: Acesso em: 10 de fev. 2018.

KOSOP, Roberto José Covaia; SOUZA-LIMA, José Edmilson de. Sustentabilidade e decolonialidade: bases fundantes de um estado plurinacional. Revista Direito UFMS, Campo Grande, v. 3, n. 2, p. 195-215, jul-dez, 2017.

MORAIS DA ROSA, Alexandre. O professor que fala com as paredes e uma outra visão do direito. Consultor Jurídico (ConJur), 22 de agosto de 2015. Disponível em < https://www.conjur.com.br/2015-ago-22/diario-classe-professor-paredes-outra-visao-direito> Acesso em: 10 fev. 2018.

PATRIOTA, Elizabete Bezerra. Desenvolvimento humano e educação: os tropeços de uma relação nem sempre discutida. In: XXVI Congresso Nacional do Conpedi, 2017, São Luís, MA. Anais... Florianópolis: CONPEDI, 2017. Disponível em: < https://www.conpedi.org.br/publicacoes/27ixgmd9/9h4q89rm/175763oTy1Zjne6I.pdf> Acesso em: 10 de fev. 2018.

RODRIGUES, Horácio Wanderlei. O ensino jurídico no Brasil contemporâneo: análise e perspectivas a partir da proposta alternativa de Roberto Lyra Filho. 1987. 193 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas – Especialidade Direito) – Centro de Ciências Jurídicas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 1987.

TAVARES, Celma. Educar em direitos humanos, o desafio da formação dos educadores numa perspectiva interdisciplinar. In: SILVEIRA, Rosa Maria Godoy, et al. Educação em Direitos Humanos: fundamentos teórico-metodológicos. João Pessoa, PA: Editora Universitária, 2007, p. 487-503.

WERMUTH, Maiquel Ângelo Dezordi; NIELSSON, Joice Graciela. O ensino jurídico brasileiro e a formação do “medalhão” machadiano: em busca de alternativas à luz da profanação agambeniana e da carnavalização waratiana. Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM, Santa Maria, v. 11, n. 1, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.21671/rdufms.v4i2.6112

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.