A TRANSNACIONALIDADE DOS DIREITOS HUMANOS E O ENSINO JURÍDICO NO BRASIL

Samyra H. Dal Farra Naspolini, Vladmir Oliveira da Silveira

Resumo


O presente artigo possui por objeto de estudo as críticas que recebe o Ensino Jurídico no Brasil e os Direitos Humanos como matéria estudada nos Cursos de Direito. A problemática geral com a qual trabalha é a de se, identificadas no Ensino Jurídico no Brasil as críticas que serão apresentadas, teria o ensino dos Direitos Humanos alguma possibilidade de realizar modificações nesta situação? A hipótese da pesquisa é a de que, pela sua natureza, a matéria estudada em Direitos Humanos possui elementos que podem, quando bem trabalhados pelos docentes e discentes, superar alguns problemas antigos e bastante arraigados do Ensino Jurídico. Neste sentido, o objetivo da pesquisa é verificar as possibilidades da hipótese levantada. A falta de preparo dos egressos dos cursos de Direito não é novidade, e revela a má qualidade do ensino nas Faculdades de Direito de nosso país. O despreparo é generalizado atingindo tanto a formação científica quanto a técnica. Para tanto, no primeiro item do artigo são estudadas as várias críticas ao Ensino Jurídico que podem ser subdivididas em: questões estruturais, questões funcionais e questões operacionais. No âmbito da estrutura verificam-se críticas ao paradigma epistemológico. No âmbito funcional, críticas à formação para o mercado de trabalho que levam a problemas de identidade e legitimidade dos bacharéis. Por fim, no âmbito operacional as críticas serão dirigidas à metodologia didático-pedagógica e ao currículo dos cursos. No último item essas críticas são reapresentadas em contraponto com o conteúdo, metodologia e conceitos transnacionais que podem ser trabalhados ao se ministrar os Direitos Humanos no curso de graduação em Direito. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, desenvolvido com base na pesquisa bibliográfica e histórica para qual se utiliza do método indutivo. Na Conclusão recupera-se a hipótese de trabalho e verifica-se que existem várias potencialidades na matéria de Direitos Humanos para se superar os problemas do Ensino Jurídico, levando a uma formação interdisciplinar, politica e emancipatória dos discentes.

Texto completo:

PDF

Referências


ADEODATO, João Maurício. Ética e Retórica: Para uma Teoria da Dogmática Jurídica. São Paulo: Saraiva, 2002.

AGUIAR, Roberto A. R. de. A Crise da Advocacia no Brasil: Diagnóstico e Perspectivas. São Paulo: Alfa-Omega, 1991.

ARRUDA JR., Edmundo Lima de. Ensino Jurídico e Práxis Social. São Paulo: Acadêmica, 1989.

_____. Advogado e Mercado de Trabalho. Campinas: Julex, 1988.

FARIA, José Eduardo. A Noção de Paradigma na Ciência do Direito: Notas para uma Crítica ao Idealismo Jurídico. In: FARIA, José Eduardo. (org). A Crise do Direito numa Sociedade em Mudança. Brasília: UnB, 1988.

_____. A Reforma do Ensino Jurídico. Porto Alegre: Sergio Fabris Editor, 1987.

FERREIRA, Anna Candida da Cunha. Educação em Direitos Humanos: Pressupostos para o Exercício da Cidadania. In: SILVEIRA, Vladmir Oliveira da; NASPOLINI SANCHES, Samyra H. D. F.; COUTO, Mônica Bonetti. (Orgs). Educação Jurídica. São Paulo: Saraiva, 2013.

LUÑO, Antonio Henrique Perez. Derechos Humanos, Estado de Derecho e Constitución. 6.ed. Madrid: Tecnos, 1999.

RODRIGUES, Horácio Wanderlei (org). Ensino Jurídico para Que(m)? Florianópolis: Fundação Boiteux, 2000.

RODRIGUES, Horácio Wanderlei. Ensino Jurídico e Direito Alternativo. São Paulo: Acadêmica, 1993.

_____. Novo Currículo Mínimo dos Cursos Jurídicos. São Paulo: Rev. Tribunais, 1995.

RUBIO, David Sanchez. Fazendo e Desfazendo os Direitos Humanos. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2010.

SILVEIRA, Vladmir Oliveira da; ROCASOLANO, Maria Mendez. Direitos Humanos: Conceitos, Significados e Funções. São Paulo: Saraiva, 2010.

SILVEIRA, Vladmir Oliveira da; NASPOLINI SANCHES, Samyra H. D. F.; COUTO, Mônica Bonetti. (Orgs). Educação Jurídica. São Paulo: Saraiva, 2013.

UNGER, Roberto Mangabeira. Uma Nova Faculdade de Direito no Brasil. Paper apresentado na Fundação Getúlio Vargas como parecer sobre a criação da Escola de Direito de São Paulo/FGV – EDESP, 2001.

WARAT, Luis Alberto; CUNHA, Rosa Maria Cardoso da. Ensino e Saber Jurídico. Rio de Janeiro: Eldorado Tijuca, 1977.




DOI: http://dx.doi.org/10.21671/rdufms.v4i2.7525

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.