1841: A DIVISÃO HISTÓRICA MUNDIAL NA FILOSOFIA OCIDENTAL

o “expurgo do hegelianismo”

Palavras-chave: Hegelianismo. História da Filosofia. Blunden.

Resumo

No presente artigo o filósofo Andy Blunden expõe o contexto crítico-filosófico e histórico do expurgo do hegelianismo na Prússia em 1841, que ocasionou uma divisão histórica na filosofia ocidental. Pois além do expurgo da filosofia de Hegel ter sido tomado pela Monarquia Prussiana como uma espécie de programa oficial, Hegel deixou para trás um todo um arcabouço teórico que inspirou poderosas críticas revolucionárias à própria sociedade oficial que o havia santificado e os dez anos após a morte de Hegel foram o apogeu do hegelianismo, onde seus alunos popularizaram seus ensinamentos e os traduziram para a linguagem da política.

Biografia do Autor

Andy Blunden, Marxists Internet Archive

Membro e secretário do Marxists Internet Archive Collective. Autor de diversos textos que circunda a filosofia marxista e hegeliana.

Carlos Eduardo Nogueira Facirolli, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Possui título de bacharelado e licenciatura em Filosofia pela UNESP/FFC-Marília - Universidade Estadual Paulista (2018), e é Mestrando em Filosofia pelo programa de pós-graduação da UNESP. Desenvolve projeto de pesquisa sobre o conceito de guerra utilizando como base teórica-filosófica o Idealismo Alemão, atribuindo ênfase ao pensamento político e filosófico de Hegel. Integra o Grupo Hegel e o Idealismo Especulativo/Laboratório Hegel (GHIE/LH) cadastrado ao CNPq, e também participa do grupo de pesquisa em Filosofia Moderna e Contemporânea, membro Sociedade Hegel Brasileira (SHB) - ( https://hegelbrasil.org). Ademais, possui graduação em Educação Física pelo Centro Universitário Toledo (2007).

Referências

COMTE, A. A General View of Positivism. Cambridge University Press, 1990.

ENGELS, F. Ludwig Feuerbach and the End of Classical German Philosophy. Progress Publishers, 1946.

ENGELS, F. MARX, K. Marx Engels Collected Works: From Engels' Notes, Volume 2: Schelling on Hegel. Lawrence & Wishart, 1975.

FEUERBACH, L. The Essence of Christianity. Hackett Publishing Company, Indianapolis/Cambridge, 1988.

FEUERBACH, L. Principles of Philosophy of the Future. Hackett Publishing Company, Indianapolis/Cambridge, 1986.

HEGEL, G.W.F. Elements of the Philosophy of Right. Cambridge University Press, 1982.

HEGEL, G.W.F. Lectures on the Philosophy of History. Cambridge University Press, 1980.

KIERKEGAARD, S. The Concept of Dread. Princeton University Press,1968.

SCHOPENHAUER. A. The World as Will and Representation. Dover Edition, 1969.

Publicado
2020-12-20
Como Citar
Blunden, A., & Nogueira Facirolli, C. E. (2020). 1841: A DIVISÃO HISTÓRICA MUNDIAL NA FILOSOFIA OCIDENTAL. Eleuthería - Revista Do Curso De Filosofia Da UFMS, 5(09), 124 - 138. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/reveleu/article/view/11856
Seção
Artigos