A FORMAÇÃO (BILDUNG) POR MEIO DOS CONCEITOS NO ENSINO DE FILOSOFIA

Palavras-chave: Formação. Semi-Formação. Filosofia. Ensino.

Resumo

Este artigo parte da reflexão sobre a Bildung, traduzida por formação, para discutir a importância da formação por meio dos conceitos no ensino de Filosofia no Ensino Médio. A discussão sobre o conceito de Bildung pode ser vista por um viés clássico, romântico e trágico. Isso aponta que a relação dos conceitos com a tradição filosófica e o seu contato ou distanciamento com a realidade, ocupa um espaço privilegiado nas reflexões dos diferentes autores. Neste artigo, as reflexões de Theodor Adorno, especialmente sobre a formação (Bildung) e a semi-formação (Halbbildung), são centrais para refletir a complexidade e as possibilidades de se pensar uma formação por meio dos conceitos. Com isso, se busca problematizar o ensino de filosofia no ensino médio, levando em conta uma experiência do conceito, com o intuito de demarcar um espaço de sentido e de relação interdisciplinar da Filosofia nessa etapa de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Everton Grison, Universidade Federal do Paraná

Possui Bacharelado e Licenciatura em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná [UFPR] (2013). Foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) do curso de Filosofia [UFPR] (2012-2013). É especialista em Educação das Relações Étnico Raciais pela Universidade Federal do Paraná [UFPR] em parceria com o Núcleo de Estudos Afro Brasileiros [NEAB] (2015), e em Ensino de Filosofia para o Ensino Médio pela Universidade Estadual do Centro Oeste do Paraná [UNICENTRO] (2016). Foi Professor Supervisor bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) do curso de Filosofia [UFPR] (2017-2018), no Colégio Estadual Ivo Leão. Possui Mestrado em Filosofia, bolsista CAPES, pela Universidade Federal do Paraná (2019). Sua linha de pesquisa (estudos) é voltada para a Filosofia Política, Ética, Ensino de Filosofia, enfatizando temas como a Teoria Crítica, Dialética e Esclarecimento. Interessa-se por autores da tradição da Teoria Crítica, especificamente Theodor Adorno. É colunista do site Reflexão Dialogada. Coordena o projeto de Cine Clube G-Filo em parceria com o Nesef/G-Filo - UFPR, no Colégio Estadual Ivo Leão. Professor de Filosofia no Colégio Seb Dom Bosco - Curitiba e do Quadro Próprio do Magistério do Estado do Paraná.

Referências

ADORNO, Theodor. Dialética Negativa. Tradução de Marco Antônio Casanova. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009.

ADORNO, Theodor. Teoria da Semicultura. Tradução de Newton Ramos de Oliveira, Bruno Pucci e Cláudia B. M. De Abreu. Revista Educação e Sociedade. n. 56, ano XVII. p. 388-411, dez/1996.

COSSUTA, Frederic. Elementos para a leitura dos textos filosóficos. Tradução de Ângela de Noronha Begnami [et al.]. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

GALLO, Sílvio. Metodologia do Ensino de Filosofia: uma didática para o ensino médio. Campinas: Papirus, 2014.

MAAR, Wolfgang Leo. Lukacs, Adorno e o problema da formação. Revista Lua Nova, n.27, 1992. p. 171-200, dez/1992.

MUSSE, Ricardo. Theodor Adorno: filosofia de conteúdos e modelos críticos. Revista Trans/form/ação, v. 32, n.2, 2009, p 135-145.

ROCHA, Ronai. Ensino de filosofia e currículo. 2 ed. Santa Maria: UFSM, 2015.

ZUIN, Antônio, PUCCI, Bruno, OLIVEIRA, Newton Ramos de. A semicultura e a sobrevivência da Bildung em tempos difíceis. In: Adorno: o poder educativo do pensamento crítico. 3 ed. Petrópolis: Vozes, 1999, p. 54-64.

WEBER, José Fernandes. A fisionomia moderna do conceito de formação, cultivo (Bildung). In: WEBER, José Fernandes. Formação (Bildung), educação e experimentação em Nietzsche. Londrina: Eduel, 2011, p. 35-57.

WILSON, John. Pensar com conceitos. Tradução de Waldea Barcellos. 2 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005. (Coleção Ferramentas)

Publicado
2020-12-31
Como Citar
Grison, E. M. (2020). A FORMAÇÃO (BILDUNG) POR MEIO DOS CONCEITOS NO ENSINO DE FILOSOFIA. Eleuthería - Revista Do Curso De Filosofia Da UFMS, 5(ESPECIAL), 41 - 63. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/reveleu/article/view/12175
Seção
Artigos