A RELEVÂNCIA DO PNAE NA AGRICULTURA FAMILIAR DA REGIÃO DE PLANEJAMENTO SUL FRONTEIRA – MS

  • Obedias Miranda Belarmino UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
  • Giovane Silveira da Silveira UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Resumo

A agricultura familiar está presente da vida cotidiana não somente no espaço rural, mas também no espaço urbano, sendo a principal responsável pela produção de alimentos consumidos pelos brasileiros. O objetivo deste artigo é analisar a relevância do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) na agricultura familiar na região de planejamento Sul Fronteira/MS. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa quantitativa, os dados foram coletados no site do PNAE, Censo Agropecuário, IBGE e FNDE e são apresentados de forma descritiva. Os resultados demonstram que as compras por meio do PNAE encontram-se em um patamar abaixo no estabelecido pela Lei, apenas Amambaí e Antônio João estão em conformidade. Apesar disso o PNAE é um programa de grande relevância para o desenvolvimento da região, proporcionando renda para os produtores familiares, alimentação saudável para os alunos e apoio no desenvolvimento local uma vez que os recursos permanecem na região. Considera-se, também, por meio deste trabalho a existência de uma evidente possibilidade para expansão na aquisição de produtos da agricultura familiar, existe demanda e recursos disponíveis, entretanto é necessária maior organização por parte dos produtores e instituições de ensino fundamental e médio para que assim ambos possam se beneficiar com a consequente geração de oportunidades para desenvolvimento da região de fronteira.

Biografia do Autor

Obedias Miranda Belarmino, UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Possui graduação em Administração pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (2018). Mestrando em Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos UEMS/Brasil. Tem experiência na administração pública e privada. Ama desafios e gosta de estar em constante aprendizado. Dispõe de forte influência empreendedora, criativa e flexível ao ambiente empresarial e social, usa seus conhecimentos para realizar seu melhor na atividade a qual está envolvido. Atualmente vêm desenvolvendo pesquisas na área de desenvolvimento socioeconômico da faixa de fronteira sul mato-grossense.

Giovane Silveira da Silveira, UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Docente Colaborador Credenciado no PPGDRS (Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional e de Sistemas Produtivos, Mestrado Acadêmico), a partir de 2019, e no Curso de Ciências Econômicas ofertado na Unidade Universitária da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Ponta Porã, desde 2006. Possui Doutorado em Geografia (2015 a 2019) pela FCH (Faculdade de Ciências Humanas) da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados); com Mestrado em Educação (2004 a 2006) e Bacharelado em Ciências Econômicas (1998 a 2002), ambos pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Atua na área de Teoria Microeconômica, Economia Internacional e Sistemas Agroindustriais, além de Cartografia Temática; como também em Geografia Econômica e Desenvolvimento de Indicadores Socioeconômicos Regionais, estes últimos com linguagens de programação do tipo R (RStudio) e Python (Jupyter Notebook). Líder do GEDAIS - Grupo de Estudo de Disparidades Socioeconômicas. Link para o Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3492498406984211 Link para o Grupo de Pesquisa GEDAIS: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1547227842957658 Link para o ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7062-671X

Publicado
2020-10-30
Como Citar
MIRANDA BELARMINO, O.; SILVEIRA DA SILVEIRA, G. A RELEVÂNCIA DO PNAE NA AGRICULTURA FAMILIAR DA REGIÃO DE PLANEJAMENTO SUL FRONTEIRA – MS . Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 4, n. 1, 30 out. 2020.
Seção
EIXO 5 - Artigo Completo - Desenvolvimento L/R, Território e Urbanização