STARTUPS INOVAM ATENDENDO PRONTAMENTE ÀS DEMANDAS

#DFUSAMASCARAS

  • Guillermo Jose Asper y Valdes Universidade de Brasilia
  • Luciana Asper y Valdes Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT)
  • Armando Kokitsu
  • Daisy Asper y Valdes Universidade de Brasília (UnB)

Resumo

Startups criam inovações, pois seus fundadores têm obstinação por experimentação. Inovadores, passados e presentes, deram exemplo disso: Colombo e Cabral, Santos Dumont e Benchimol, Edison e Tesla, Wozniak e Jobs, Musk e Bezos, Gates e Wales.

O primeiro passo dos inovadores é dado com seus próprios recursos, habilidades, insights, experiências, empatia com a potencial clientela, organização coesa de tempo, conhecimento e redes de relacionamento.  Para avançar, usam ferramentas tipo: Crowdsourcing, Hackathons, Incubadoras e Aceleradoras.  Possuem substanciais propósitos: elevados, firmes e de longo alcance.  Quando necessário pivotam suas estratégias, assegurando a manutenção do fluxo do empreendimento.

O movimento #DFUSAMASCARAS Solidárias, por exemplo, respondeu ao momento de pandemia prontamente. Enquanto havia grande perplexidade da sociedade, que tentava se adaptar à nova realidade imposta, demandas imediatas surgiram.  Policiais militares e bombeiros estavam desprotegidos na interação com a comunidade, artesãs e costureiras sem trabalho e renda, com as mesmas necessidades de antes da pandemia, e a massa brasileira de trabalhadores informais se viu com zero renda para saciar a fome de seus filhos. Como transformar problemas reais e prementes como estes em uma solução agregadora, restauradora, motivadora e fraternal entre todos, fazendo da dor, esperança?  

Biografia do Autor

Luciana Asper y Valdes, Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT)

Camillus, J., 2008. Strategy As A Wicked Problem. [online] Harvard Business Review.

https://hbr.org/2008/05/strategy-as-a-wicked-problem/ar/1.

Filgueiras, Maria L. (2019). Na Raça: Como Guilherme Benchimol Criou a Xp e Iniciou a

Maior Revolução Do Mercado Financero Brasileiro.Rio de Janeiro, Brasil: Editora Intrinseca.

Majchrzak, Ann e Malhotra, Arvind (2019). Unleashing the Crowd: Collaborativa Solutions to

Wicked Business and Societal Problems. London, England: Palgrave Macmillan.

Prahalad, C. K., Ramswamy, V. (2015). Co-creation experiences:

The next practice in value creation. Journal of Interactive Marketing, 18(3), 2004, 5-14. https://doi.org/10.1002/dir.20015

Ries, Eric (2019). A Startup Enxuta. Rio de Janeiro, Brasil: Sextante.

Saul, Peter (2006). Seeing the Future in Weak Signals. Journal of Future Studies, 10(3).

http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.438.6276&rep=rep1&type=pdf

Schumacher, E. F. (2020). Um Guia Para os Perplexos. Campinas, SP, Brasil: Auster.

Publicado
2020-10-31
Como Citar
ASPER Y VALDES, G. J.; ASPER Y VALDES, L.; KOKITSU, A.; ASPER Y VALDES, D. STARTUPS INOVAM ATENDENDO PRONTAMENTE ÀS DEMANDAS. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 4, n. 1, 31 out. 2020.
Seção
EIXO 3 - Relato de Prática - Inovação e Tecnologias