BIOECONOMIA

Um Ensaio Teórico sobre as dimensões das abordagens conceituais das partes interessadas

  • Ana Carolina Gonçalves Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
  • Kalil Nascimento Neiva Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
  • Bruno Gouvêa Bastos Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
  • Alexandre Meira Vasconcelos Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
  • José Carlos de Jesus Lopes Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Resumo

A emergente proposição científica da Bioeconomia tem se mostrado uma estratégia de desenvolvimento disponível para países, regiões produtoras e agentes ligados às cadeias produtivas, que procuram reduzir os impactos socioambientais negativos, que o modelo de desenvolvimento, baseado em combustíveis fósseis, vem causando no Planeta. A Organização das Nações Unidas trabalha uma nova governança global alinhada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Esta nova governança dá especial atenção às reivindicações globais e territoriais relativas às mitigações das mudanças climáticas, à promoção da agricultura sustentável, e a produção de energia renovável mais limpa. Contudo, a promoção para uma Bioeconomia Sustentável não é uma noção neutra. Cada uma das partes interessadas, pesquisadores, órgãos governamentais ou supranacionais tendem a favorecer abordagens conceituais, que se propõem a favorecer as oportunidades locais. Assim, este Ensaio Teórico objetiva analisar as abordagens conceituais iniciais dos termos Bioeconomia e Bioeconomia Sustentável e como essas se aplicam a cada uma das realidades materiais das partes interessadas, que as empreendem. Por conta dos procedimentos metodológicos adotados, foi possível constatar que a ausência de um consenso em relação ao termo Bioeconomia tem a ver com a visão voltada para os interesses de cada parte interessada, que busca oportunizar o atingimento de seus objetivos.

Publicado
2020-10-30
Como Citar
GONÇALVES, A. C.; NASCIMENTO NEIVA, K.; GOUVÊA BASTOS, B.; MEIRA VASCONCELOS, A.; DE JESUS LOPES, J. C. BIOECONOMIA. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 4, n. 1, 30 out. 2020.
Seção
EIXO 6 - Artigo Completo - Agronegócios, Economia Rural e Bioeconomia