A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EM UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA

Um estudo à luz das repercussões da COVID-19

Resumo

Este artigo tem como proposta descrever as estratégias de Assistência Estudantil realizadas pela Universidade Estadual do Piauí – UESPI no contexto do ensino remoto, face à pandemia da COVID-19. O recorte temporal compreende o período de março de 2020 a abril de 2021, tendo como balizador teórico os fundamentos do Programa Nacional de Assistência Estudantil para as Universidades Estaduais – PNAEST, o qual norteia as ações de Assistência Estudantil. Metodologicamente, o estudo é descritivo, de abordagem quantitativa e se apoia em pesquisas bibliográfica e documental. Como resultado, evidenciaram-se contribuições limitadas, tanto em relação aos tipos de programas implementados, quanto no que remete à quantidade de discentes atendidos, cujas ações apenas possibilitaram o acesso dos discentes à Internet durante as aulas remotas. Atualmente, a UESPI mantém as aulas remotas como estratégia de ensino-aprendizagem. Percebe-se que houve movimentação da UESPI na promoção de ações de Assistência Estudantil durante o período pandêmico, porém, ainda insuficientes no que concerne ao raio de atendimento das necessidades, assim como quanto à promoção de medidas visando à permanência dos discentes na instituição, buscando reduzir a evasão dos estudantes e, com efeito, destacando o fator da inclusão social no contexto do Ensino Superior.

Biografia do Autor

DIEGO SOUZA DE MEDEIROS, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Possui graduação em Administração pela Universidade Federal do Piauí (2012). Especialista em Gestão Pública pela Universidade Estadual do Piauí (2015). Especialista em Docência do Ensino superior pela Faculdade Latino Americana de Educação (2018). Mestrando no Programa de Pós Graduação em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Piauí. Tem experiência como Professor no ensino superior no curso de Administração da Universidade Estadual do Piauí e da Universidade Federal do Piauí e Tutoria à Distância do curso Administração da Universidade Estadual do Piauí, além de Experiência no ensino Básico e Técnico. Membro da Comissão de Revitalização do Projeto Pedagógico do Curso do Núcleo Docente Estruturante (NDE) e membro do Colegiado do Curso de Administração do Campus de Floriano, participa também como membro titular do Conselho de Campus do Campus Dra. Josefina Demes (Floriano/PI). Tem experiência na área de Gestão Pública, Gestão Pública Municipal, Administração da Produção e Operações, Administração de Marketing, Empreendedorismo, Administração de Materiais, Gestão de Pessoas, Jogos Empresariais, Organização Sistemas e Métodos e na modalidade de Educação à Distância.

Jairo de Carvalho Guimarães, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas (PPGPP) vinculado ao CCHL - Centro de Ciências Humanas e Letras (Teresina-PI). Doutorado em Educação (UFRJ); mestrado em Controladoria e Administração (UFC); especialização em Contabilidade e Planejamento Tributário (UFC); graduação em Administração (FACE - Fortaleza). Atuou por 30 anos na iniciativa privada, em bancos e seguradoras. Atuou como gerente regional e gerente comercial, respectivamente, nas corretoras de seguros da CAIXA e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Há 8 (oito) anos é professor formador do PARFOR - Plano Nacional de Formação de Professores. Foi membro docente junto ao CEPEX e CONSUN pelo Campus Senador Helvídio Nunes de Barros (Picos) no período 2011/2012. Foi Coordenador do Curso de Administração do Campus Picos. Foi coordenador do Curso de Administração do Campus Amílcar Ferreira Sobral (CAFS) em dois mandatos: julho de 2016 a julho de 2018 e de agosto de 2018 a agosto de 2020. É membro representante docente do CAFS junto ao CONSUN - Conselho Universitário, CEPEX - Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, CAMEN - Câmara de Ensino, ligada à PREG - Pró-Reitoria de Ensino de Graduação e CAMEX - Câmara de Extensão (PREXC). Foi, por 02 (dois) anos, presidente da CPAD - Comissão Própria de Avaliação Docente, setorial Floriano. Foi membro efetivo da CPA - Comissão Própria de Avaliação, setorial Floriano. Foi professor da Rede E-TEC por 2 (dois) anos, vinculado ao Colégio Técnico de Floriano, pólo Guadalupe (PI). É membro do CAT - Comitê de Assessoramento Técnico Científico da PROPESQI - Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação. Há 04 (quatro) anos é membro do Comitê Interno do PIBEX - Programa Institucional de Bolsas de Projetos e Programas de Extensão, vinculado à PREXC - Pró-Reitoria de Extensão e Cultura. Foi Coordenador Acadêmico do Curso de Especialização (Lato Sensu) em Gestão de Pequenas e Médias Empresas (carga horária de 450 horas), turma I. Possui Projetos de Extensão e de Pesquisa em vigência. É o representante do Estado do Piauí junto à ANGRAD - Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (biênio 2018-2019). Atua como Elaborador de Itens para o BNI - Banco Nacional de Itens do ENADE (INEP-MEC) desde maio de 2018. É membro titular do Conselho Curador (2019-2021) da FADEX - FUNDAÇÃO CULTURAL E DE FOMENTO À PESQUISA, ENSINO, EXTENSÃO E INOVAÇÃO. Há 3 (três) anos é parecerista de trabalhos submetidos ao SEMEAD (PPGA/FEA/USP). Há 03 (três) anos é parecerista de trabalhos submetidos ao ENANGRAD - Encontro Nacional dos Cursos de Graduação em Administração, promovido pela ANGRAD. Foi editor adjunto do dossiê Políticas Públicas de Estímulo ao Empreendedorismo, publicado pela RELISE - Revista Livre de Sustentabilidade e Empreendedorismo. Realiza pesquisas no campo do Empreendedorismo (econômico, social, institucional e educacional); Gestão Ambiental e Sustentabilidade; Currículo; Competências Docentes; Relações do Trabalho; Motivação, Gestão de Pessoas, Gestão e Políticas Públicas; Educação, Estado e Sociedade; Transformações Sociais; Capitalismo e Políticas Públicas.

Publicado
2021-10-09
Como Citar
MEDEIROS, D. S. D.; GUIMARÃES, J. DE C. A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EM UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 5, n. 1, 9 out. 2021.