IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE CONTROLE DE TEMPERATURA AUTOMATIZADO POR MEIO DE SOMBREAMENTO PARA PRODUÇÃO HIDROPÔNICA DE RÚCULA: ESTUDO DE CASO

  • Grazielli Bueno Instituto Federal do Paraná - IFPR Campus Assis Chateaubriand https://orcid.org/0000-0001-6915-5228
  • Tiago Henrique dos Santos Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand https://orcid.org/0000-0002-1104-8865
  • Kátia Cristiane Kobus Novaes Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand
  • Gabriela Esteves Barbosa Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand https://orcid.org/0000-0001-5944-5600
  • Gabriel Rodrigues de Souza Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand
  • Guilherme Frederico Perusse Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand

Resumo

Hidroponia é um método de cultivo, consolidado na década de 1930, reconhecido pela sua elevada capacidade produtiva e boa qualidade da produção. Várias espécies vegetais podem ser cultivadas usando essa técnica, sendo a rúcula uma delas. Os problemas quanto à produção dessa hortaliça no Brasil, assim como em outros países tropicais, são o controle adequado da temperatura dentro das estufas hidropônicas e o oneroso trabalho exigido do produtor. Para solucionar essas demandas, pretende-se a construção de um sistema automatizado de acionamento de sombrite, fazendo o uso da temperatura mensurada periodicamente. A fim de obter informações da estufa de testes, foram realizadas amostragens dos níveis de temperatura durante o período diurno e em intervalos definidos de tempo, com propósito de analisar as diferenças entre a aferição feita pelo produtor e o sistema inserido pelos pesquisadores. Após ser instalado o sistema de controle, objetiva-se avaliar a atuação do mesmo em função das variações térmicas do ambiente interno da estufa, com a finalidade de constatar se houve ou não estiramento do sombrite de acordo com a temperatura de referência programada no sistema de controle, assim como, observar e avaliar se há melhoria nas atividades cotidianas do produtor, no que tange ao seu trabalho.

Biografia do Autor

Grazielli Bueno, Instituto Federal do Paraná - IFPR Campus Assis Chateaubriand

Possui Graduação em Engenharia Elétrica com enfase em Telecomunicações, pela Faculdade Pitágoras de Londrina (2009) e Pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR-CP) - Campus Cornélio Procópio (2012). Possui experiência na docência nos ensinos técnicos integrado ao ensino médio e subsequente, e graduação, ministrando aulas nos cursos Técnicos Subsequente em Agroecologia, Eletrotécnica e Eletromecânica e Edificações, Técnico Integrado em Eletromecânica e Agropecuária e Nível Superior em Engenharia Elétrica. Suas principais áreas de atuação consistem em: Instalações Elétricas Residências, Prediais e Industriais, Instalações Elétricas, Eficiência Energética, Energias Renováveis e Segurança e Medicina do Trabalho. Atualmente atua como Coordenadora do Curso Técnico em Eletrotécnica Subsequente. Membro do Grupo de Pesquisas em Computação Física, Sistemas Embarcados, Energias, Sustentabilidade, Mobilidade e Inovação do IFPR e Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação do IFPR Assis Chateaubriand.

Tiago Henrique dos Santos, Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand

Possui graduação de Tecnólogo em Automação Industrial (2008) e mestrado em Engenharia Elétrica (2012), ambos pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR-CP) - Campus Cornélio Procópio e doutorado pela Escola de Engenharia de São Carlos (EESC/USP-2018). Atualmente é professor dos cursos Técnico em Eletromecânica e Técnico em Eletrotécnica pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR) - Campus Assis Chateaubriand. Suas principais áreas de atuação consistem em: Acionamento e Controle Inteligente de Máquinas Elétricas, Redes Neurais Artificiais, Programação de Controladores Digitais de Sinais e Eletrônica de Potência.

Kátia Cristiane Kobus Novaes, Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand

Possui graduação em Letras Português e Inglês pela Faculdade Estadual de Educação Ciências e Letras de Paranavaí(1997) e especialização em Intertextualidade nas Literaturas de LP pela Faculdade Estadual de Educação Ciências e Letras de Paranavaí(2003). Atualmente é professor do Instituto Federal do Paraná. Tem experiência na área de Letras.

Gabriela Esteves Barbosa, Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand

Estudante do Ensino Médio em Eletromecânica Integrado ao Ensino Médio, tem experiência na área de Robótica, Mecatrônica e Automação.

Gabriel Rodrigues de Souza, Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand

Estudante do Ensino Médio em Eletromecânica Integrado ao Ensino Médio.

Guilherme Frederico Perusse, Instituto Federal do Paraná - Campus Assis Chateaubriand

Estudante do Curso Técnico em Eletromecânica Integrado ao Ensino Médio.

Publicado
2021-10-06
Como Citar
BUENO, G.; SANTOS, T. H. DOS; NOVAES, K. C. K.; BARBOSA, G. E.; SOUZA, G. R. DE; PERUSSE, G. F. IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE CONTROLE DE TEMPERATURA AUTOMATIZADO POR MEIO DE SOMBREAMENTO PARA PRODUÇÃO HIDROPÔNICA DE RÚCULA: ESTUDO DE CASO. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 5, n. 1, 6 out. 2021.
Seção
EIXO 3 - Resumo Expandido - Inovação e Tecnologias