A VIOLAÇÃO DO PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA MORALIDADE NO TRATO COM A VACINA CONTRA O COVID-19 NO BRASIL

  • Daniela Marques Coelho
  • Hugo Marcelo Ferraz Cabral
  • Raquel Crivelari da Silva
  • Wilians Zandona Galvão Moreira
  • Fábio da Silva Rodrigues UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL

Resumo

A pandemia do Covid-19 tem impactado diversos campos da sociedade, tais como o social, econômico, político, psicológico e pessoal. Com a necessidade de vacinação em massa, observa-se campo propício ao comportamento corrupto, denotando um comportamento aversivo e imoral. Tais evidencias podem ser observadas nos noticiários, como a ocorrência de diversas situações que são opostas à ética, tais com desvios de verbas públicas, vacinas que não estão sendo corretamente aplicadas, desvios de doses para políticos, para citar alguns casos.  O presente artigo busca refletir acerca da violação do princípio constitucional da moralidade na atuação profissional dos servidores públicos. Trata-se de uma revisão bibliográfica da temática acerca da moralidade e doutrinação da Constituição Federal, bem como coleta de informações de noticiários, manchetes pertinentes no contexto nacional, práticas fraudulentas na aplicação da vacina contra o Covid-19. O resultado do trabalho aponta que a conduta ética profissional da administração pública deve se respaldar nos princípios do bem comum aplicado no contexto da coletividade, com isso, pressupondo qualquer interesse pessoal. Portanto, nota-se a importância da reflexão a respeito da postura íntegra, adequada e embasada nos pressupostos constitucionais, respeitando a integridade humana, preservando o direito à vida e a dignidade no atendimento as suas necessidades.

Biografia do Autor

Fábio da Silva Rodrigues, UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL
Doutor em Administração pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Publicado
2021-10-15
Como Citar
MARQUES COELHO, D.; MARCELO FERRAZ CABRAL, H.; CRIVELARI DA SILVA, R.; ZANDONA GALVÃO MOREIRA, W.; RODRIGUES, F. DA S. A VIOLAÇÃO DO PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA MORALIDADE NO TRATO COM A VACINA CONTRA O COVID-19 NO BRASIL. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 5, n. 1, 15 out. 2021.
Seção
EIXO 2 - Artigo Completo - Administração Pública e Terceiro Setor