GESTÃO DA INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE

CONCEITOS E MODELOS TEÓRICOS

  • Adriane Reginaldo Espíndola Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI- Santo Ângelo -RS
  • Evandro Kieffer Moreira Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI- Santo Ângelo
  • Ana Rita Callegaro Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI- Santo Ângelo
  • Rosane Seibert Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI- Santo Ângelo https://orcid.org/0000-0001-9477-9948

Resumo

A inovação tem se apresentado como um dos fatores relevantes no processo de desenvolvimento das organizações. Com os mercados cada vez mais competitivos e acirrados, a redução da vida útil dos produtos e processos passou a ser um elemento motivador para a criação de uma cultura para a inovação, trazendo com isso uma maior competitividade entre as organizações e possibilitando o aumento das vantagens competitivas. A partir disso a pesquisa teve como objetivo construir uma reflexão teórica sobre as temáticas de inovação e competitividade, apresentando uma abordagem qualitativa por meio de uma pesquisa exploratória na literatura e artigos publicados recentemente sobre os temas. O levantamento bibliográfico demonstrou que a relação existente entre inovação e vantagem competitiva está associada ao fato da organização utilizar, de maneira mais eficaz, seus recursos, gerenciando-os com foco na geração de inovações, e essas se tornam passíveis de conquista de vantagem competitiva, podendo-se dizer que somente é considerada uma inovação se houver resultado econômico e financeiro, e essa vantagem poderá determinar que a empresa obtenha vantagem competitiva em relação aos mercado e aos demais concorrentes.

Publicado
2021-10-06
Como Citar
REGINALDO ESPÍNDOLA, A.; KIEFFER MOREIRA, E.; CALLEGARO, A. R.; SEIBERT, R. GESTÃO DA INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 5, n. 1, 6 out. 2021.