INSTRUMENTOS DE POLÍTICA AMBIENTAL E O IMPACTO NAS DECISÕES PARA APLICAÇÃO DA GESTÃO SUSTENTÁVEL DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: Uma revisão integrativa

Resumo

A responsabilidade socioambiental das empresas têm sido tema recorrente. A adoção de práticas sustentáveis tem se mostrado como condição imperativa para a continuidade das organizações, seja por influência dos stakeholders, seja como estratégia de melhoria dos fatores de desempenho e vantagem competitiva, proteção do meio ambiente, atendimento de demandas sociais ou cumprimento das regras impostas pelos instrumentos de política ambiental. Quanto ao papel governamental, ele intervém na gestão de problemas ambientais, através dos instrumentos de política ambiental, que podem ser regulatórios ou de comando e controle; econômicos, de mercado ou incitativos; de cooperação e acordos voluntários e de informação. O objetivo do estudo foi identificar como os instrumentos de política ambiental governamental impactam nas decisões das empresas para aplicação da gestão sustentável da cadeia de suprimentos. Para isso, foi realizada uma revisão integrativa da literatura internacional, utilizando com base a Scopus. Conclui-se que o mecanismo que mais afeta as decisões das empresas para adoção de práticas sustentáveis na cadeia de suprimentos são os instrumentos regulatórios, correspondendo a 38,57% da produção científica analisada, seguido dos instrumentos econômicos, de mercado ou incitativos, com 28,57%, dos de informação, com 24,29% e, por último, dos instrumentos de cooperação e acordos voluntários, com 8,57%.

Biografia do Autor

Mariana Gabriela de Oliveira, CEFET MG

Mestrado em Administração no Programa de Pós Graduação em Administração no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais em andamento, na linha de pesquisa Processos e Sistemas Decisórios em Arranjos Organizacionais. Possui graduação em Direito pelo Centro Universitário Newton Paiva (2019) e em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro (2016). Especialização em Direito Administrativo e MBA em Gestão de Pessoas e Liderança Estratégica. Atualmente, é servidora pública, atuando como Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais, na área de política minerária, energética e logística.

Publicado
2021-10-15
Como Citar
DE OLIVEIRA, M. G.; RODRIGUES, L. R.; VIANA MIRANDA, A. E.; DE PÁDUA RIBEIRO, L. INSTRUMENTOS DE POLÍTICA AMBIENTAL E O IMPACTO NAS DECISÕES PARA APLICAÇÃO DA GESTÃO SUSTENTÁVEL DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: Uma revisão integrativa. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 5, n. 1, 15 out. 2021.
Seção
EIXO 2 - Artigo Completo - Administração Pública e Terceiro Setor