EDUCAÇÃO FINANCEIRA E A FORMAÇÃO DO ADMINISTRADOR

um estudo acerca dos cursos de Administração ofertados pelas Universidades Federais brasileiras

Resumo

Desde cedo o indivíduo convive com situações ligadas a finanças que no decorrer da vida tornam-se mais constantes. Quando o indivíduo entende o seu poder de compra, ele busca o acesso a bens ou serviços. Entretanto, quando esse consumo perde o controle, surgem empecilhos capazes de tornar o cotidiano do indivíduo repleto de frustrações. Com a restrita discussão sobre o tema Educação Financeira nas instituições de ensino é impossível repassar aos alunos a importância de uma gestão responsável de recursos. Diante disso, o objetivo deste artigo verificar a presença do tema Educação Financeira no processo de formação de futuros Administradores. Para a elaboração desta pesquisa foi empregado o método descritivo e utilizada a análise quantitativa. A pesquisa contribui para que o assunto ganhe notoriedade dentro das UFs e da sociedade, já que a Educação Financeira possui grande relevância na vida dos acadêmicos que irão ingressar no mercado de trabalho. Assim, é necessário que eles saibam controlar suas finanças para garantirem sua qualidade de vida. A pesquisa aponta que o grau de aplicação do tema Educação Financeira nos cursos de Administração é bastante precário, devido à ausência de informações sobre o assunto nas grades curriculares.

Publicado
2021-09-30
Como Citar
LUNA BATINGA, G.; DUDA, P. DA S. EDUCAÇÃO FINANCEIRA E A FORMAÇÃO DO ADMINISTRADOR. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 5, n. 1, 30 set. 2021.
Seção
EIXO 1 - Artigo Completo - Administração de Empresas