IMPACTOS DA TECNOLOGIA NO TRABALHO EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS

um estudo a partir da percepção dos colaboradores.

  • Larissa Evelin Santos Nicomedes
  • Fábio da Silva Rodrigues UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi identificar a visão dos colaboradores com relação ao desenvolvimento de sistemas para substituição de pessoas no setor bancário no município de Naviraí-MS. Pretende-se entender como os funcionários do setor financeiro comportam-se, para, posteriormente, verificar se os mesmos sentem impactos negativos ou positivos em relação ao tema abordado. Preliminarmente, foi realizada revisão da literatura sobre os avanços tecnológicos no setor bancário. A pesquisa classifica-se como quantitativa-descritiva a partir da aplicação de questionários nas instituições financeiras que estão localizadas no município de Naviraí-MS. A amostra, por conveniência, contou com 24 respondentes que são funcionários ou colaboradores das instituições financeiras privadas, públicas e cooperativistas. Quanto aos resultados, pôde-se verificar que a tecnologia está presente no cotidiano dos trabalhadores em todas as atividades exercidas dentro de uma instituição financeira (IF), seja ela cooperativa, pública ou privada. De forma geral, os respondentes não percebem a existência de impacto negativo em relação ao desenvolvimento de tecnologia da informação (TI) nos setores bancários/financeiros. Contudo, percebe-se que os cargos que são e irão ser impactados com os avanços tecnológicos, segundo os próprios respondentes, são a área comercial de vendas e o setor de compensação caixas/tesoureiros.

Biografia do Autor

Fábio da Silva Rodrigues, UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL
Doutor em Administração pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Publicado
2021-09-29
Como Citar
SANTOS NICOMEDES, L. E.; RODRIGUES, F. DA S. IMPACTOS DA TECNOLOGIA NO TRABALHO EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 5, n. 1, 29 set. 2021.