ALIANÇA ESTRATÉGICA: um estudo de caso sobre a parceria entre uma cooperativa agrícola e uma multinacional do ramo de irrigação

  • Adriano Oliveira Andrade Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
  • Giseli Ayumi Miyashita Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
  • Hugo Leonardo Garcia Javarez Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
  • Renata Camargo Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
  • Silvana de Lima Nunes Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
  • Jaiane Aparecida Pereira Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Palavras-chave: Aliança estratégica, Parceria, Multinacional, Irrigação.

Resumo

As alianças estratégicas podem ser descritas como um contrato de troca, integração ou união de recursos específicos por diferentes parceiros, visando à obtenção de ganhos mútuos. Em um ambiente altamente competitivo, a soma de capacidades das organizações pode resultar no desenvolvimento de melhores soluções aos clientes das empresas. O objetivo do presente trabalho foi entender quais os benefícios alcançados por meio da parceria entres a COPASUL, uma empresa com esforços direcionados à comercialização da produção e insumos agrícolas, e a Valley, empresa multinacional especializada em sistema de irrigações. Foi desenvolvido um estudo de caso qualitativo por meio de entrevista semiestrutura e coleta de dados secundários. Como principais resultados, apresenta-se diversas vantagens para ambas as empresas, como o aumento das vendas para a Valley e o aumento da produtividade dos cooperados da COPASUL. Além disso, ressalta-se que ambas as empresas possuem reputação no mercado, sendo que a soma dessa reputação traz o fortalecimento das duas marcas e maior credibilidade para ambas.

Biografia do Autor

Adriano Oliveira Andrade, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Acadêmico do MBA em Gestão de Negócios na UFMS - Câmpus de Naviraí
Giseli Ayumi Miyashita, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Acadêmica do MBA em Gestão de Negócios na UFMS - Câmpus de Naviraí
Hugo Leonardo Garcia Javarez, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Acadêmico do MBA em Gestão de Negócios na UFMS - Câmpus de Naviraí
Renata Camargo, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Acadêmica do MBA em Gestão de Negócios na UFMS - Câmpus de Naviraí
Silvana de Lima Nunes, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Acadêmico do MBA em Gestão de Negócios na UFMS - Câmpus de Naviraí
Jaiane Aparecida Pereira, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Doutoranda em Administração pela Universidade Estadual de Maringá - UEMProfessora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS

Referências

AYOADE, J. O. Introdução a Climatologia para os trópicos. 14. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

BRITO, E. P. A. Técnicas de negociação. Revista Científica do ITPAC, v. 4, n. 1, 2011.

BROWN, L.; PATTINSON, H. Information technology and telecommunications: impacts on strategic alliance formation and management. Management Decision, [S.1.: s.n], v. 33, n. 4, p. 41-50, 1995.

CASSERES, B. G. Estratégia em primeiro lugar. HSM Management, 15 julho-agosto, 1999.

COPASUL. Cooperativa Agricola Sul Matogrossense. Relatório Anual COPASUL Cooperativa Agrícola Sul Matogrossense - 2016. Disponível em: <http://www.COPASUL.coop.br/public/paginas/COPASUL_relatorio_2016_final.pdf>. Acesso em: 28 jul. 2017.

COPASUL. Cooperativa Agrícola Sul Matogrossense. COPASUL e Valley vão realizar evento sobre irrigação. Disponível em: <http://www.COPASUL.coop.br/noticias/COPASUL-e-valley-vao-realizar-evento-sobre-irrigacao/404>. Acesso em: 28 jul. 2017.

DOZ, Y. L.; HAMEL, Gary. A vantagem das alianças: a arte de criar valor através de parcerias. Rio de Janeiro: Qualitymark Ed., 2000.

FERREIRA, G. C.; BARCELOS, M. D. Vantagens e desvantagens das alianças estratégicas: uma análise sob a ótica dos agentes da cadeia produtiva da carne bovina. Organizações Rurais e Agroindustriais. Lavras, v.8, n.1, p.117-130, 2006.

GODOY, A. S. Estudo de caso qualitativo. In: GODOI, C.K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. (Org.). Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais. São Paulo: Saraiva, p. 115-146, 2006.

HERNANDEZ, F. B. T; SOUSA, S. A. V; ZOCOLER, J. L.; FRIZZONE, J. A. Simulação e efeito de veranicos em culturas desenvolvidas na região de Palmeira D’Oeste, Estado de São Paulo. Jaboticabal, Engenharia Agrícola, v. 23, n. 1, p. 21-30, 2003.

KLOTZLE, M. C. O impacto da formação de alianças estratégias no valor de mercado e no desempenho econômico-financeiro das empresas. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 10, n. 4, p. 33-46, out./dez., 2003.

LEWIS, J. D. Alianças estratégicas: estruturando e administrando parcerias para o aumento da lucratividade. São Paulo: Pioneira, 1992.

MARQUEZ, R. C. Alianças estratégicas. Campinas, SP: Editora Alínea, 2003.

MINAYO, M. C. de S. Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2002.

PEREIRA, J. A.; VERDU, F. C. Resources, capabilities and innovation combined with the firm social networks: the internationalization of Oníria. REBRAE, Curitiba, v. 8, n. 3, p. 401-416, sep./dec., 2015.

TESTEZLAF, R; MATSURA. E. E; CARDOSO, J. L. Importância da irrigação no desenvolvimento do agronegócio, Câmara Setorial de Equipamentos de Irrigação – CSEI. Faculdade de Engenharia Agrícola. Universidade Estadual de Campinas, 2002. Disponível em: <http://www.agr.feis.unesp.br/csei.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2017.

VALLEY. História. Disponível em: <http://www.valmont.com.br/sitenovo/Historia>. Acesso em: 26 jul. 2017.

VIANA, F. S. Formação e gestão de alianças estratégicas: um estudo multicasos no setor de construção civil. 2013, 161 p. Dissertação (Mestrado) – Centro Universitário UNA,

Belo Horizonte, 2013.

Publicado
2017-09-11