COPRODUÇÃO NA DÉCADA DE 1970: participantes, motivações e tempo de permanência na dinâmica

Gemael Chaebo, João Roberto Silva

Resumo


Este resumo expandido pretende descrever a produção científica sobre coprodução de políticas públicas na década de 1970. Por coprodução entende-se políticas públicas que são produzidas conjuntamente entre agentes públicos e população. Amparada por bases científicas internacionais, foram identificados apenas três artigos sobre o assunto nesta década, de Percy (1978), Whitaker (1980) e Kiser e Percy (1980). A análise qualitativa foi orientada pelas categorias participantes, motivações e tempo de permanência na dinâmica de coprodução. Conclui-se que a literatura desta década aponta seis classes de participantes, alguns destes com funções semelhantes (classificação varia entre os autores), em que cada uma destas classes apresenta motivações próprias e permanece por um tempo determinado na dinâmica de coprodução. Aponta-se que os resultados deste resumo expandido poderiam auxiliar pesquisadores interessados em coprodução de políticas públicas, evidenciando como as referidas categorias de análise se comportaram na década em questão.


Palavras-chave


Coprodução; Década de 1970; Produção científica.

Texto completo:

PDF

Referências


ALFORD, J. Why do public-sector clients coproduce? Toward a contingency theory. Administration & Society, v. 34, n. 1, p. 32-56, 2002.

BRANDSEN, T.; HONINGH, M. Distinguishing different types of coproduction: a conceptual analysis based on the classical definitions. Public Administration Review, v. 76, n. 3, p. 427-435, 2016.

KISER, L. L.; PERCY, S. L. The concept of coproduction and its implications for public service delivery. Annual Meetings of the American Society for Public Administration, 1980.

PERCY, S. L. Conceptualizing and measuring citizen co-production of Community safety. Policy Studies Journal, v. 7, n. 1, p. 486-493, 1978.

WHITAKER, G. P. Coproduction: citizen participation in service delivery. Public Administration Review, v. 40, n. 3, p. 240-246, 1980.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.