COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL POR MEIO DA IDENTIDADE VISUAL: o processo de proposição de mudança da logomarca para uma pequena empresa do ramo de papelaria

Wledenir Calgaro, Joiceli dos Santos Fabrício, Jaiane Aparecida Pereira, Rosely Scheffer

Resumo


O objetivo do presente trabalho foi acompanhar o processo de proposição de mudança da identidade visual para a Ideal Papelaria, uma pequena empresa do ramo de papelaria. Para isso, o referencial teórico discutiu questões sobre a comunicação empresarial e a identidade visual. Como procedimentos metodológicos adotou-se um estudo de caso de cunho qualitativo descritivo, realizado por meio de entrevista semiestruturada com o proprietário da empresa e observação. Como resultados, pode-se observar que pequenas mudanças podem refletir uma atualização para a empresa, sem, contudo, onerar o empresário ou mudar totalmente sua identidade visual já consolidada. Por meio do briefing analisado, o empresário reiterou que a marca ficou mais leve, moderna e atraente. Essas pequenas mudanças também são importantes para frisar na mente do cliente a imagem de que a empresa está evoluindo e acompanhando as tendências atuais. Ademais, discute-se a necessidade de desenvolver a identidade visual nas pequenas empresas, principalmente em ramos competitivos.


Palavras-chave


Identidade visual; Comunicação empresarial; Logotipo; Marca.

Texto completo:

PDF

Referências


Bahia, B. J. (1995). Introdução à Comunicação Empresarial. Rio de Janeiro: Mauad.

Bogman, I. M. (2002). Marketing de Relacionamento: estratégias de fidelização e suas implicações financeiras. São Paulo: Nobel.

Bueno, W. C. (2003). Comunicação Empresarial: teoria e prática. São Paulo: Manole.

Corrêa, P. S. A., Vieira, F. G. D., & Schart, E. R. (2016). A influência do marketing social corporativo na identidade corporativa: um estudo nas indústrias de alimentos do Paraná. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences, 38, 1, pp. 13-24.

Curvello, J. J. A. (2012). Comunicação interna e cultura organizacional. São Paulo: Casa das Musas.

Denzin, N. K., & Lincoln, Y. S. (2005). Handbook of Qualitative Research. (3a ed.). Califórnia.

Duarte, J., & Silva, H. D. (2007). Política de comunicação e gestão empresarial: a experiência da EMBRAPA. Organicom, 4, 6.

Fascioni, L. (2004). Quem sua empresa pensa que é? Revista Amanhã, 205, 19. Nov.

Ferreira, P., & Malheiros, G. (2016). Comunicação Empresarial: planejamento, aplicação e resultados. Atlas, 05. VitalBook file.

Galão, F. P., & Crescitelli, E. (2015). Planejamento e implantação da comunicação de Marketing: uma análise comparativa entre teoria e prática. REGE, 22, 3, pp. 435-452.

Godoy, A. S. (2006). Estudo de caso qualitativo. In: C. K. Godoi, R. Bandeira-de-Mello, & A. B. Silva (Orgs.). Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais (pp. 115-146). São Paulo: Saraiva.

Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social. (2018). Caderno Estatístico Município de Palmital. Recuperado em 16 abril 2018, de http://www.ipardes.gov.br/cadernos/MontaCadPdf1.php?Municipio=85270

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2017). IBGE Cidades. Recuperado em 16 abril 2018, de https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/palmital/panorama

Kunsch, M. M. K. (2006). Comunicação organizacional: conceitos e dimensões dos estudos e das práticas. In M. Marchiori (Org.). Faces da cultura e da comunicação organizacional (pp. 167-190). São Caetano do Sul: Difusão Editora.

Martins, J. R. (2006). Branding: um manual para você criar, avaliar e gerenciar marcas. (3a ed.). São Paulo.

Nassar, P., & Figueiredo, R. (1995). O que é Comunicação Empresarial. São Paulo: Brasiliense.

Peón, M. L. (2003). Sistemas de Identidade Visual. (3a ed.). Rio de Janeiro: 2AB.

Philips, P. L. (2007). Briefing: a gestão do projeto de design. São Paulo: Blucher.

Ruão, T. (1999). A Comunicação Organizacional e a Gestão de Recursos Humanos: evolução e atualidade. Cadernos do Noroeste, 12, 1-2, pp. 179-194.

Scherer, F. V., & Sherer, G. B. (2015). Estudo de método projetual para Sistema Integrado de Identidade Visual, design da informação e orientação. Infodesign – Revista Brasileira de Design da Informação, 12, 2, p. 171-193.

Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. (n.d.). Como montar uma papelaria. Recuperado em 16 abril, 2018, de http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-papelaria,f3987a51b9105410VgnVCM1000003b74010aRCRD

So, K. K. F., King, C., Hudson, S., & Meng, F. (2017). The missing link in building customer brand identification: The role of brand attractiveness. Tourism Management, 59, 640-651.

Strunck, G. L. (1989). Identidade Visual: a direção do olhar. Rio de Janeiro: Europa.

Strunck, G. L. (2001). Como criar identidades visuais para marcas de sucesso. (2a ed.). Rio de Janeiro: Rio Books.

Thayer, L. (1976). Comunicação: fundamentos e sistemas. São Paulo: Atlas.

Torquato, F. G. R. (1985). Comunicação empresarial/Comunicação institucional: conceito, estratégias, sistemas, estrutura, planejamento e técnicas. São Paulo: Summus Editoral.

Wheeler, A. (2012). Design de Identidade da Marca. (3a ed.). Porto Alegre: Bookman.

Yin, R. K. (2010). Estudo de caso: planejamento e métodos. (4a ed.). Porto Alegre: Bookman.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.