UM ESTUDO SOBRE O LIVRO DE PORTUGUÊS UTILIZADO NO 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA DE NAVIRAÍ-MS

Cintia Raquel Ferreira Mercado de Almeida, Francieli Aparecida Prates dos Santos

Resumo


Este trabalho visa analisar os conteúdos presentes do livro didático de Língua Portuguesa, objetivando identificar quais são suas contribuições e implicações para prática docente no 3º ano do ensino fundamental em uma escola pública no município de Naviraí-MS. Essa proposta deu-se junto à disciplina Fundamentos e Metodologias do Ensino de Língua Portuguesa, no curso de Pedagogia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, campus Naviraí-MS. Para isso, a pesquisa teve uma abordagem de caráter documental com levantamento bibliográfico utilizando o livro Português Linguagens, dos autores William Roberto Cereja e Thereza Cochar Magalhães e também descritivo onde foi feita uma conversa informal com a professora que utiliza o livro em sua prática, refletindo sobre a importância dele como instrumento que está presente em sala de aula identificando quais são os conteúdos e propostas estabelecidas por ele, na perspectiva da aprendizagem da leitura e escrita. Portanto, a relevância deste trabalho se dá em compreender a importância e responsabilidade dos educadores nas escolhas do livro didático, salientamos que os professores devem estar atentos, pois o livro didático orienta para uma prática, sendo mediador no processo de ensino e aprendizagem conforme a linguagem e realidades de seus educandos.

Palavras-chave


Livro Didático, Ensino de língua portuguesa, Prática Docente.

Texto completo:

PDF

Referências


CEREJA, W.R; Currículo do sistema Lattes. São Paulo, 29 jan.2007. Disponível em:

< http://lattes.cnpq.br/2570284063817456>. Acesso em: 12 nov.2017.

______. Português: linguagens, 3º ano: ensino fundamental: anos iniciais / William Roberto Cereja, Thereza Cochar Magalhães. – 5.ed.—São Paulo: Saraiva, 2014.

FERNANDES, Antônia Terra de C. Livros didáticos em dimensões materiais e simbólicas. Educação e Pesquisa. V. 30, n. 3, p.531-545, set./dez. 2004. Disponível em : < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-24112009-152212/en.php>. Acesso em: 11 nov. 2017.

LOPES, Alice Casimiro. Currículo e Epistemologia. Ijuí: Editora Unijuí, 2007, p. 205– 228.

MORAIS, A. G.; ALBUQUERQUE, E. B. C. O livro didático de alfabetização: mudanças e perspectivas de trabalho In: MORAIS, A. G.; ALBUQUERQUE. E. B. C.; LEAL, T. F. Educação de jovens e adultos numa perspectiva de letramento. Belo Horizonte: Autêntica, 2005. Disponível em : . Acesso em: 11 nov. 2017.

SARAIVA. Quem somos. São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.editorasaraiva.com.br/o-grupo-saraiva/#quem-somos>. Acesso em: 12 nov. 2017.

SILVA, E. T. Livro didático: do ritual de passagem à ultrapassagem. Em Aberto. Ministério da Educação e Desporto SEDIAE/ INEP, v. 16, n. 69, 1996.

SOARES M. B. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na Cibercultura. Educação e Sociedade: dez. 2002, v. 23. n. 81, p. 141-160.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.