GESTÃO POR COMPETÊNCIAS NO COOPERATIVISMO: possibilidade de aplicação a partir das práticas realizadas

Silvana Lima Nunes, Jaiane Aparecida Pereira

Resumo


Este artigo tem como objetivo compreender como a gestão por competências pode auxiliar nas práticas realizadas pelo departamento de recursos humanos da cooperativa estudada. De forma específica, buscou-se identificar e descrever as práticas de gestão de recursos humanos realizadas pela empresa na visão do gestor de recursos humanos e na visão dos funcionários, e discutir como a gestão por competências pode contribuir para auxiliar nas práticas realizadas dentro da organização. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa descritiva, por meio de entrevista semiestruturada com a coordenadora técnica e de desenvolvimento humano da empresa e com três colaboradores, um do nível estratégico, um do nível técnico e um do nível operacional. Como resultados, observou-se que a empresa desenvolve algumas práticas de RH como: estrutura de trabalho, incluindo descrição de cargos; recrutamento e seleção; treinamento e desenvolvimento; e remuneração. Entretanto, ao considerar a visão dos entrevistados, ressalta-se que as práticas podem ser aperfeiçoadas, o que pode ser realizado a partir da gestão por competências. Portanto, são descritas algumas sugestões, como realizar um levantamento sobre as competências existentes na empresa, para que o treinamento e o desenvolvimento sejam planejados por ela, buscando atender as suas necessidades atuais e futuras.


Palavras-chave


Práticas de recursos humanos; Gestão por competências; Cooperativismo.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, K. R. S. A Gestão por Competências no ambiente de trabalho. RH.com.br.

Disponível em: . Acesso em; 03 nov. 2018.

BATEMAN, T. S. Administração: construindo vantagem competitiva. São Paulo: Atlas, 1998.

BRANDÃO, H. P.; GUIMARÃES, T. A. Gestão de competências e gestão de desempenho: tecnologias distintas ou instrumentos de um mesmo construto? Revista de Administração de empresas, v. 41, n. 1, p. 8-15, 2001.

CARBONE, P. P.; BRANDÃO, H. P.; LEITE, J. B. D.; VILHENA, R. M. P. Gestão por competências e gestão do conhecimento. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

CARNEIRO, A. G. Jurisdição e Competência. São Paulo: Saraiva, 2010.

CARVALHO, A. D.; PERES, J. M. O Papel da Gestão de pessoas em Cooperativas Agropecuárias como Desenvolvimento Regional. Revista FATEC Sebrae em debate: gestão, tecnologias e negócios. v. 2, n. 3, 2015.

CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

CHIAVENATO, I. Recursos Humanos. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

FLEURY, M. T. L.; FLEURY, A. Construindo o Conceito de Competência. Revista de Administração Contemporânea. Edição Especial, p. 183-196, 2001.

GIL, A. C. Gestão de pessoas: enfoque nos papéis profissionais. São Paulo: Atlas. 2001.

GONELI, L. Comunicação e Conflitos na Gestão de Projetos. 17 jul. 2017. SGEi9. Disponível em: . Acesso em: 03 nov. 2018.

GHENO, R.; BERLITZ, J. Remuneração estratégica e pacote de benefícios: um estudo de caso aplicado ao nível operacional de uma multinacional. Revista de Administração da UFSM, v. 4, n. 2, p. 268-287, 2011.

GUIMARÃES, M. C. Clima organizacional na empresa rural: um estudo de caso. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v.11, n.3, jul. 2004.

LANA, M. S.; FERREIRA, V. C. P. Gestão por Competências: impactos na gestão de pessoas. Estação Científica Online. Juiz de Fora, n. 04, abr./mai. 2007.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Metodologia científica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

MAXIMIANO, A. C. A. Teoria Geral da Administração: da revolução urbana à revolução digital. São Paulo: Atlas, 2012.

MITCHELL, L. H. R. G. Gestão de Pessoas por Competências no ambiente AulaNet. Dissertação (Mestrado) – Universidade Católica do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2004.

NOVAES, D. Gestão por competências: você sabe o que é? 02 set. 2015. RH PORTAL. Disponível em: . Acesso em: 11 out. 2018.

PAIVA, K. C. M.; LOPES, M. C. O. Competências, gestão de competências e profissões: perspectivas de pesquisas. RAC-Revista de Administração Contemporânea, v. 12, n. 2, 2008.

PEROVANO, D. G. Manual de Metodologia Científica. Curitiba: Juruá Editora, 2014.

PIO, D. Descrição de Cargo. 12 jun. 2008. Administradores.com. Disponível em: . Acesso em: 27 out. 2018.

REISDORFER, V. K. Introdução ao Cooperativismo. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria, Colégio Politécnico, Rede e-Tec Brasil, 2014.

TORRES JUNIOR, A. S.; BATTAGLIA, B. Aplicação do modelo de produção lean em contexto de inclusão social–um estudo de pesquisa-ação. Revista Gestão Industrial, v. 9, n. 2, 2013.

WEISS, D. Como resolver (ou evitar) conflitos no trabalho. São Paulo: Nobel, 2010.

WERTHER, D. K. J. Administração de pessoal recurso humano. São Paulo: McGraw-Hill, 1983.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.