A MULHER NO MERCADO DE TRABALHO: LUTAS E CONQUISTAS

  • Daniele Almeida do Império Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - CPNV
  • Jéssica Marques de Almeida Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - CPNV
  • Pollyanna da Silva Fuzaro Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - CPNV
  • Helena Rodi Neumann Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - CPNV
Palavras-chave: Mulher, Mercado de Trabalho, Conquistas, Preconceito, Desigualdades.

Resumo

No presente artigo relata-se os caminhos percorridos pelas mulheres para conquistar seu espaço no mercado de trabalho, apresentando desde os primórdios da história feminina, quando eram tidas como vulneráveis e deviam ser submissas ao homem, até os dias atuais, momento em que estas já conquistaram seu espaço no mercado de trabalho. Para isso, é feita uma revisão bibliográfica sobre o tema, buscando os principais marcos históricos para as mudanças de valores culturais, e evidenciando as lutas e os preconceitos enfrentados para tais conquistas. Conclui-se então que apesar das barreiras derrubadas, atualmente a mulher ainda é estereotipada como ‘o sexo frágil’, sofrendo desigualdades no ambiente de trabalho. Além de lidar com as obrigações da sua profissão, na grande maioria dos lares ainda é ela a responsável por todos os afazeres domésticos, sobrecarregando sua rotina diária.

Biografia do Autor

Helena Rodi Neumann, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - CPNV
Professora adjunta na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS-CPNV). Arquiteta e Urbanista pela Escola da Cidade (2010), Mestre (2014) e Doutora (2017) na mesma área pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, como bolsista CAPES-PROSUP. Pesquisadora na Universidade de Aachen, Alemanha, como bolsista do Sistema Alemão de Intercambio Acadêmico - DAAD (2016). Foi Coordenadora e Professora titular do Curso de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário 7 de Setembro- UNI7 (2016-2017), em Fortaleza. Foi professora na Graduação em Arquitetura e Urbanismo da UNILA- Universidade Federal da Integração Latino-Americana (2018), em Foz do Iguaçu. Tem experiência na área de Projeto de Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: Planejamento Urbano e Regional, Administração Municipal e Urbana, Política e Planejamento Governamentais, Análise Regional por Geoprocessamento, Tecnologia da Arquitetura e Urbanismo, e Conforto ambiental.

Referências

BARRETO, Ana Cristina Teixeira. Igualdade entre os sexos: Carta de 1988 é um marco contra discriminação. Revista Consultor Jurídico, São Paulo-SP, 21f., nov.2010.

BLAY, Eva Alterman. 8 de março: conquistas e controvérsias. Rev. Estud. Fem. [online]. 2001, vol.9, n.2, pp.601-607. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2001000200016> Acesso em: 15 nov. 2018.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988, 292 p.

DE ASSIS, Rosiane Hernandes. A inserção da mulher no mercado de trabalho. VI Convibra - Congresso Virtual Brasileiro de Administração, 2009, p.9-25.

DE JESUS, Magda Sifuentes. A Participação da Mulher no Mercado de Trabalho no Brasil. 2016. 127f. Dissertação (Mestrado em Economia e Gestão Pública) – Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Gestão Pública, Brasília – DF, 2016.

DE SOUZA, Mirian Chaves. A Mulher no Mercado de Trabalho. 2001. 30f. Monografia (Especialização em Relações Humanas) – Universidade Cândido Mendes, Rio de Janeiro – RJ, 2001.

FRANCISCANI, Jane Stella. A Mulher no Mercado de Trabalho e a Luta pela Valorização. 2010. 38f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) Instituto Municipal de Ensino Superior de Assis – IMENSA, Assis – SP, 2010.

MARQUES, Bianca. A Luta das Mulheres no Mercado de Trabalho. Publicado em: 06/2018 Disponível em: <https://jus.com.br/artigos/66730/a-luta-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho> Acesso em: 15 nov. 2018.

MUNIZ, Danilo Dias; BACHA, Felipe Barcellos; PINTO, Julia Massini. Participação Feminina no Mercado de Trabalho. Revista Científica Eletrônica UNISEB, Ribeirão Preto, v.6, n.6, p.82-97, jul/dez. 2015.

PROBST, Elisiana Renata. A Evolução da Mulher no Mercado de Trabalho. 2003. 8f. Artigo (Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Recursos Humanos) – Instituto Catarinense e Pós-Graduação – ICPG, Criciúma – Santa Catarina, 2003.

SANTOS, Carolina Maria Mota; TANURE, Betania; NETO, Antonio Moreira de Carvalho. Mulheres executivas brasileiras: O teto de vidro em questão. Revista Administração em Diálogo ISSN 2178-0080 Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, v.16, n.3, p.56-75 Set/Out/Nov/Dez 2014.

Publicado
2019-10-12