TECNOLOGIA NÃO DESTRUTIVA PARA AVALIAÇÃO ESTRUTURAL DE EDIFÍCIOS UTILIZANDO GEOFÍSICA

  • Odirlei Neumann Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS
  • Helena Rodi Neumann Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS/CPNV
Palavras-chave: GPR, reforço estrutural, piso atirantado, Ensaio Não-Destrutivo.

Resumo

Neste artigo apresenta-se os resultados obtidos na pesquisa realizada no Edifício em Cariacica, no Espirito Santo, que apresentava fissuras visíveis irregulares no piso de concreto estruturado por tirantes metálicos. Era necessário identificar a estrutura existente, porém sem danificar todo o edifício. Por isso, foi utilizado o equipamento Radar de Penetração no Solo (GPR), antenas blindadas de 2.0 GHz, que foi conduzido por linhas transversais e longitudinais no piso de interesse, afim de detectar os pontos de instabilidade.Comprovou-se a eficiência deste método geofísico, como método não destrutivo, e por tanto, capaz de reduzir custos na realização de projetos de reforço estrutural. Além disso, buscou-se verificar como os tirantes apareciam nas imagens produzidas pelo equipamento em questão, afim de determinar padrões para facilitar a interpretação de secções com anomalias estruturais similares, como deslocamentos de tirantes ou uso de malha de aço em pontos onde ocorreu o rompimento ocasional dos mesmos. Por fim, este artigo comprova que o GPR é um método preciso e fundamental para ser mais difundido na elaboração de diagnósticos estruturais. 

Biografia do Autor

Odirlei Neumann, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS
Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Ambientais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul- PGTA-UFMS
Helena Rodi Neumann, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS/CPNV
Professora adjunta na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS-CPNV). Arquiteta e Urbanista pela Escola da Cidade (2010), Mestre (2014) e Doutora (2017) na mesma área pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, como bolsista CAPES-PROSUP. Pesquisadora na Universidade de Aachen, Alemanha, como bolsista do Sistema Alemão de Intercambio Acadêmico - DAAD (2016). Foi Coordenadora e Professora titular do Curso de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário 7 de Setembro- UNI7 (2016-2017), em Fortaleza. Foi professora na Graduação em Arquitetura e Urbanismo da UNILA- Universidade Federal da Integração Latino-Americana (2018), em Foz do Iguaçu. Tem experiência na área de Projeto de Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: Planejamento Urbano e Regional, Administração Municipal e Urbana, Política e Planejamento Governamentais, Análise Regional por Geoprocessamento, Tecnologia da Arquitetura e Urbanismo, e Conforto ambiental.

Referências

ANNAN, A.P. Use and techniques of GPR in near surface geophysics. Society of Exploration Geophysicists. Workshop Notes, Sensor & Software Inc. 1992. 110p.

AQUINO, W.F. Métodos Geofísicos Eletromagnéticos Aplicados ao Diagnóstico da Contaminação do Solo e das Águas Subterrâneas em Área de Infiltração de Resíduos Industriais. Dissertação de Mestrado, Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo, 2000. 121p.

NEUMANN, O. Caracterização e Modelagem de Análogos de Reservatório, empregando o GPR. 2004. 123 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geofísica) - Universidade Federal da Bahia, Agência Nacional do Petróleo. 2003.

JOHN, V.M. Pesquisa e Desenvolvimento de Mercado para Resíduos. In: RECICLAGEM E REUTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS COMO MATERIAIS DE CONSTRUCAO CIVIL. São Paulo, 1996. Anais. São Paulo, Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, 1997. p. 21-30.

ANGELIS NETO, G.; ANGELIS, B.L.D. Impactos ambientais causados pelo destino final dos resíduos sólidos urbanos de Maringá́/PR. Acta Scientiarum, Maringá́, v.21, n.4, p.929-940, 1999.

PINTO, T.P. Reciclagem de Resíduos da Construção Urbana no Brasil. Situação Atual. In: RECICLAGEM E REUTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS COMO MATERIAIS DE CONSTRUCAO CIVIL. São Paulo, 1996. Anais. São Paulo, Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, 1997. p. 159-170.

DA SILVA FILHO, L. C. P., LORENZI, A., CAMPAGNOLO, J. L., STRIEDER, A. J., QUININO, U. C. de M., CAETANO, L. F., Estudos de caso sobre avaliação de estruturas de concreto através da utilização de ensaios não destrutivos. Revista de la Asociación Latinoamericana de Control de Calidad, Patologia y Recuperación de la Construcción, 2011, janeiro/abril. Disponível em: <http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=427639587002> Acesso em: 27 de junho de 2019

BEUTEL, R., REINHARDT, H., GROSSE, C. U., GLAUBITT, A., KRAUSE, M., MAIERHOFER, C., ALGERNON, D., WIGGENHAUSER, H., SCHICKERT, M. Performance Demonstration of Non-Destructive Testing Methods. 2006, in: European NDT Conference, 9: Disponível em: http://www.ndt.net, Berlin Germany. Acesso em: 27 de junho de 2019

Publicado
2019-10-13