Sistema para o controle de ocorrências escolares

  • Luiz Picolo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul
  • Michele Picolo Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Resumo

As ocorrências escolares podem ser definidas como situações presentes no cotidiano escolar que afetam professores, administradores, pais e estudantes. Por serem circunstâncias que fazem parte do cotidiano escolar, seu registro é de fato necessário. Contudo, atualmente, no Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), em especial no Campus de Nova Andradina e Naviraí, e em duas escolas estaduais, uma no município de Nova Andradina, e outra no município de Anaurilândia, ambos no estado de Mato Grosso do Sul, este tipo de registro é feito em planilhas e/ou em atas conhecidos como “Livros Pretos”. Este tipo de registro se torna custoso devido a grande quantidade de dados, mas, sobre tudo, a sua organização e disponibilização para futuras consultas é o fato mais agravante. Neste sentido, o objetivo geral deste trabalho foi apresentar um levantamento teórico buscando demostrar que o uso de um sistema para o gerenciamento de ocorrências pode gerar benefícios significativos.

Referências

BARBOSA, Simone; SILVA, Bruno. Interação humano-computador. Elsevier Brasil, 2010.

CHRISPINOM, Álvaro. Gestão do conflito escolar: da classificação dos conflitos aos modelos de mediação, 2007. Disponível em:

http://www.scielo.br/pdf/ensaio/v15n54/a02v1554.pdf. Acessado em: 19 Jul 2019.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

Simões, Paulo Roberto Rodrigues. Ocorrências de indisciplina e a ética da compreensão, 2008. Disponível em: http://www.uninove.br/PDFs/Mestrados/Educa

%C3%A7%C3%A3o/eventos/MEV%201.pdf. Acessado em: 03 Mar 2018.

TURBAN,E.,MCLEAN,E.,WETHERBE,J. Tecnologia da informação para gestão. Transformado os negócios da economia digital. 3°Edição. Porto Alegre. Editora Bookman,

Publicado
2019-10-31