TOMADAS DE DECISÃO SOB A ÓTICA DA TEORIA DO EFFECTUATION

  • Roosiley dos Santos Souza Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Richard Gomides Andrade UFMS
  • Manoel Eugênio Pereira Crispim UFMS
  • Jilseanny Silva Magalhães UFMS
Palavras-chave: Empreendedorismo, Effectuation, Causation, Oportunidade,

Resumo

Este trabalho fruto de um projeto de extensão em andamento vem para reforçar a teoria do effectuation de Saras D. Sarasvathy, que se apresenta como uma alternativa aos procedimentos clássicos e atitudes padronizadas para criação e desenvolvimento de negócios baseados na causalidade. O objetivo de evidenciar a utilização da teoria, para tanto a metodologia da pesquisa é natureza qualitativa, caráter exploratório, tendo como foco de pesquisa diversos empreendimentos do ramo de serviços na cidade de Corumbá (MS). Visando identificar quais ações dos gestores se fundamentam na teoria, busca-se explorar o processo de desenvolvimento da empresa, frente aos riscos assumidos e seleção das oportunidades analisando a tomada de decisão pela ótica do effectuation versus causation. Até o presente momento descobriu-se que é fatídico o uso da teoria do effectuation numa das empresas objeto do estudo na área de prestação de serviços alimentícios e o sucesso do negócio está diretamente ligado com a tomada de decisões, sobretudo no que diz respeito à identificação de meios e a criação de possibilidades por meios de estratégias emergentes e que não estavam previstas, na demonstração de capacidade de criar, reconhecer e descobrir oportunidades e principalmente na capacidade de transformar contingências em oportunidades valiosas e lucrativas.

Biografia do Autor

Roosiley dos Santos Souza, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Administração
Richard Gomides Andrade, UFMS
Acadêmico recem - formado no Curso de Administração
Manoel Eugênio Pereira Crispim, UFMS
Acadêmico finalizando o curso de administração.
Jilseanny Silva Magalhães, UFMS
Acadêmica em processo de finalização do curso de administração

Referências

BARON, R. A.; SHANE, S. A. Empreendedorismo: Uma visão do processo. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

CHRISTENSEN, CLAYTON M. & CARLILE, PAUL R. Course Research: Using the Case Method to Build and Teach Management Theory. cademy of Management Learning & Education, 2009, Vol. 8, No. 2, 240–251.

CRESWELL, J. W. Projeto de Pesquisa: método qualitativo, quantitativo e misto. 3. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

DORNELAS, J. C. A. (2001). Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. Rio de Janeiro: Campus.

ECKHARDT, Jonathan T. & SHANE, Scott A. Response to the Commentaries: The Individual-Opportunity (IO) Nexus Integrates Objective and Subjective Aspects of Entrepreneurship. Academy of Management ReviewVol. 38, No. 1 Dialogue. Published Online:16 Apr 2013https://doi.org/10.5465/amr.2012.0192

FILION, L. J. (1999). Empreendedorismo: empreendedores e proprietários-gerentes de pequenos negócios. Revista de Administração da USP, 34(2)

FRANCO, Maria Laura Puglisi Barbosa. Análise de conteúdo. Brasília: Plano Editora, 2003.72p

GARTNER, W. B. A. (1985). Comceptual Framework for Describing The Phenomenon of New Venture Creation. Academy of Management Review, 10(4), 696-706

GERBER,M. (1996). O Mito do empreendedor revisitado: como fazer de seu empreendimento um negócio bem-sucedido. São Paulo: Saraiva.

HISRICH, R. D. & PETERS, M. P. (2002). Entrepreneurship. New York: McGraw Hill.

PELOGIO, E. A.; ROCHA, L. C. S.; MACHADO, H. V. & AÑES, M. E. M. (2013). Empreendedorismo e Estratégia sob a ótica da lógica Effectuation. Revista Ibero-Americana de Estratégia-RIAE, 12(2), 228-249, DOI: 10.5585/riae.v12i2.1942

SARASVATHY, S. D. (2001a). Causation and Effectuation: Towards a Theoretical shift from economic inevitability to entrepreneurial contingency. Academy of Management Review, 26(2), 243-288.

SARASVATHY, S. D. (2001b). Effectual reasoning in entrepreneurial decision making: Existence and bounds. Beste paper proceedings, Academy of Manegement, 3-8.

SARASVATHY, S. D., & DEW, N. (2005). New market creation through transformation. Journal of Evolutionary Economics, 15(5), 533-565. doi: 10.1007/s00191-005-0264-x

SARASVATHY, S. D. (2008). Effectuation:elements of entrepreneurial expertise. Massachussets, USA: Edward Elgar Publishing, Inc.

SCHUMPETER, J. A. The teoric of economic development: na inquiry into profits, capital credit, interest, and the business cycle. Cambridge: Harvard University Press, 1934.

TASIC, I. A. B. (2007). Estratégia e Empreendedorismo: Decisão e Criação sob incerteza. Dissertação de Mestrado. FGV: São Paulo.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em Administração. São Paulo: Atlas, 2007.

Publicado
2019-10-09
Seção
Resumo expandido - Gestão de organizações públicas, privadas e do terceiro setor