INDICADORES GERENCIAIS DA SANESUL: análise qualitativa e descritiva do plano de metas e sua utilização e aplicação no estado de Mato Grosso do Sul

  • Marco Antonio Costa da Silva Universidade Federal de Mato Grosso do sul
  • Rodrigo Custódio de Mello Sogabe UFMS/ESAN

Resumo

A Sanesul se faz presente em 68 municípios atuando na prestação de serviços, oferecendo água potável e também de esgotamento sanitário. Considerando a complexidade de atuação geográfica e de gestão do negócio, essa pesquisa tem como objetivo analisar os modelos e métodos de gerenciamento de suas localidades, mais especificamente da utilização, análise e avaliação de indicadores, sua aplicabilidade, a relação com a gratificação e impacto nos serviços prestados. A SANESUL iniciou em 2008 seu Plano de Metas, onde estipulava indicadores, onde as localidades por sua vez deveriam cumprir com os valores estipulados, e em troca receberiam uma gratificação. Contudo o que se verifica é que muitas localidades não conseguem atingir as metas, há uma falta de ligação com a realidade das localidades que gera uma desmotivação dos funcionários.

Referências

ALBUQUERQUE, L. G.; LIMONGI-FRANÇA, A. C. Estratégias de recursos humanos e Gestão da Qualidade de Vida no Trabalho: o stress e a expansão do conceito de qualidade total. Revista de Administração, v. 33, n. 2, p. 40-51, 1998. Disponível em: http://www.spell.org.br/documentos/ver/18160/estrategias-de-recursos-humanos-e-gestao-da-qualidade-de-vida-no-trabalho--o-stress-e-a-expansao-do-conceito-de-qualidade-total. Acesso em: 4 jun.2019.

BOLAÑO C. Economia Política, Globalização e Comunicação. Revista novos rumos n. 25 p. 15-23 (1996): Disponível em: http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/novosrumos/article/view/2047/1681. Acesso em 10 jun. 2019.

CASTRO R. B. Eficácia, Eficiência e Efetividade na Administração Pública. 30º Encontro da ANPAD, Salvador (2006). Disponível em: http://www.anpad.org.br/enanpad/2006/dwn/enanpad2006-apsa-1840.pdf. Acesso em: 18 jun. 2019.

CHIAVENATO I. Introdução a Teoria Geral da Administração. 9º Ed. Manole 2014.

COUTINHO, L. (2016). A terceira revolução industrial e tecnológica. As grandes tendências das mudanças. Economia E Sociedade, 1(1), 69-87. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8643306. Acesso em:16 mai. 2019.

FISCHMANN, A. A.; ZILBER, M. A. Utilização de indicadores de desempenho como instrumento de suporte à gestão estratégica. Em anpad, 1998. Disponível em:http://www.anpad.org.br/admin/pdf/enanpad1999-ae-11.pdf. Acesso em: 25 jun.2019

FREITAS, C. A. S. de. (2014). Auditoria de gestão e estratégia no setor público. Revista Do Serviço Público, 52(4), p. 57-70. Disponível em: https://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/314. Acesso em: 20 jun.2019.

GERHARDT T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Coordenado pela Universidade Aberta do Brasil – UAB/UFRGS e pelo Curso de Graduação Tecnológica – Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS. – Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009. Disponível em: http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf. Acesso em: 13 jun.2019.

GODOY A. S. Pesquisa Qualitativa e Tipos Fundamentais. Revista de Administração de Empresas. v. 35, n. 3 p. 20 – 29 (1995). Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rae/article/view/38200/36944. Acesso em 26 jun. 2019.

LASTRES, H.M. M. A Globalização e o Papel das Políticas de Desenvolvimento Industrial e Tecnológico. Brasília, 1997. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2273/1/td_0519.pdf. Acesso em: 12 jun.de 2019.

LASTRES H.M. M; Albaglis. Informação e Globalização na era do conhecimento. Rio de Janeiro, 1999. Disponível em: http://www.redesist.ie.ufrj.br/images/redesist_images/livros/IGEC/apresentacao.pdf. Acesso em: 25 jun.2019.

LASTRES H.M. M. A Globalização e o Papel das Políticas de Desenvolvimento Industrial e Tecnológico. Brasília, 1997. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2273/1/td_0519.pdf. Acesso em 25 jun. 2019.

LESCA H.; ALMEIDA F.C. Administração Estratégica da Informação. Revista de Administração, São Paulo v.29, n. 3, p.66 – 75 julho/setembro de 1994 p. 67.

Disponível em: http://www.spell.org.br/documentos/ver/18561/administracao-estrategica-da-informacao. Acesso em: 17 mai.2019.

MATO GROSSO DO SUL. Organograma Sanesul. Disponível em: http://intranet.sanesul.ms.gov.br/Content/upload/Organograma-Geral.pdf. Acesso em: 12 jun.2019.

MATO GROSSO DO SUL. Histórico Sanesul.. Disponível em: http://intranet.sanesul.ms.gov.br/documentos/historia.pdf. Acesso em: 10 jun.2019

MATO GROSSO DO SUL. Dados – Resultados dos indicadores da empresa Sanesul... Disponível em: http://pmnet.sanesul.ms.gov.br/Relatorios/GerencialIndicadores. Acesso em: 15 jun. 2019.

ROESCH S. M. A. Projetos de Estágio e de Pesquisa em Administração: Estágios, TCC, Dissertações e Estudos de Caso. 3º Ed. Atlas 2005.

TATIKONDA, Lakshmi V., TATIKONDA, Rao J. We need dynamic performance measures. Management Accounting. Vol. 80, Nº 3, pp49-51, September 1998.

SOCORRO M.V de C.; TONET, H. C. Qualidade na Administração pública. Revista de Administração Pública. Rio de Janeiro 28(2): 137 – 152 ABR/JUN de 1994. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rap/article/view/8481/7224. Acesso em 20 jun. 2019.

Publicado
2019-10-09
Seção
Artigo completo - Gestão de organizações públicas, privadas e do terceiro setor