Arte e resistência nos gêneros textuais conto, poema e letra de música

  • Beatriz Baptista Jesus Baptista sobrinho Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Telma Romilda Duarte Vaz Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Palavras-chave: Cultura, Gênero textual, Letra de Música, Conto, Poema.

Resumo

Esse estudo tem como objetivo descrever e analisar um projeto de cultura em desenvolvimento na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Naviraí (CPNV). O objetivo do projeto é promover o desenvolvimento de ações culturais no Câmpus de Naviraí por meio de atividades literárias voltadas para a temática de resistência (com ações como a análise e apresentação de contos, poemas, letras de música, além de promover a prática do BookCrossing), com o propósito de contribuir com a formação cultural de estudantes e comunidade externa, potencializando a sensibilidade estética, política e ética por meio do conhecimento da realidade de forma sensível e de fomentar a difusão e o habito da leitura. Do ponto de vista metodológico a atividade é realizada com a produção de oficinas e rodas de conversa envolvendo poemas, contos e letras de música, exposição de um varal literário e arrecadação, doação e distribuição de livros (BookCrossing). A relevância do projeto é expressa na necessidade de se criar um espaço que incentive a comunidade social e, especialmente a acadêmica, a vivenciar a diversidade de manifestações culturais e artísticas.

Referências

CANDIDO, Antônio. O direito à literatura e outros ensaios. 5 ed. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2011.

PASSOS, Altair dos. Os princípios filosóficos do ensinamento cristão, segundo Santo Agostinho e São Tomás de Aquino. In: LIMA; Michelle Fernandes; BATISTA, Valdoni Ribeiro (Orgs.). Referenciais teóricos para pesquisa em educação: algumas contribuições. Curitiba: CRV, 2016.

SANTIAGO, Homero. Apresentação. In: CHAUÍ, Marilena. Em defesa da educação pública, gratuita e democrática. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2018.

SANTOS, José Luis dos. O que é cultura. 6. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

Publicado
2019-10-13