O USO DE FERRAMENTAS DE FINANÇAS PARA CONTROLAR RECURSOS NAS INSTITUIÇÕES DO TERCEIRO SETOR

  • FERNANDA ÉVILIN DE JESUS FORTUNATO LIMA
  • EDUARDO FERRUFINO GUZMAN
  • ALESSANDRO SILVA MONICO
  • ALESSANDRO GUSTAVO SOUZA ARRUDA
Palavras-chave: Gestão, Finanças, Controle de Recursos, Terceiro Setor.

Resumo

O assistencialismo vem crescendo significativamente nos últimos anos, criando organizações com finalidade social, com características não governamentais, sem fins lucrativos, que envolvem principalmente a participação voluntária. Porém estas organizações sociais compõem o terceiro setor, sendo o primeiro setor formado pelo governo e o segundo composto por organizações privadas que visam lucro. Ocorre que as instituições do terceiro setor possuem diversos desafios relacionados à gestão, pois seus recursos são provenientes de doações, subvenções e parcerias, o que exige uma gestão eficaz, que contribua para que a atividade permaneça funcionando. Desta forma, o presente artigo tem por objetivo analisar as ferramentas de finanças adotadas pelos gestores das instituições do terceiro setor, que auxiliam o controle de recursos nas organizações listadas no estudo de caso. Os resultados da pesquisa apresentam a utilização de práticas de finanças nas entidades do terceiro setor para controle de recursos, como o uso constante de planilhas de demonstram o fluxo de caixa, orçamento e planejamento.

Referências

MINTZBERG, H. Criando organizações eficazes: estruturas em cinco configurações. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

SANTOS, A.A.P. SILVA, M.G. Gestão de finanças no terceiro setor. Revista Visão, Caçador-SC. v. 4, n. 1, p. 22-35, jan/jun. 2015.

Publicado
2019-10-08
Seção
Artigo completo - Gestão de organizações públicas, privadas e do terceiro setor