MANUFATURA ADITIVA: conceitos, aplicações e impactos na gestão

  • Adolpho Nilson Prado Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - Campus Naviraí
  • Érica Cristina do Amaral Mattos Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - Campus Naviraí
  • Fábio da Silva Rodrigues Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - Campus Naviraí
Palavras-chave: Manufatura aditiva, Impressora 3D, Indústria 4.0, Redes Inteligentes

Resumo

O novo cenário industrial da indústria 4.0 traz inovações tecnológicas, afim de tornar as produções mais eficazes e competitivas, onde a manufatura aditiva corresponde a uma tecnologia utilizada no processo de fabricação de diversos setores industriais. Portanto, o objeto de estudo deste trabalho foi a tecnologia de impressão 3D, com o objetivo de analisar as formas que são utilizadas para desenvolver essa tecnologia, sua importância para as empresas e os impactos na gestão. A metodologia utilizada foi pesquisa bibliográfica. Concluímos que a tecnologia de impressão 3D oferece às empresas a possibilidade de tornar sua produção mais eficiente e econômica, evitando desperdícios, além proporcionar diversos itens exclusivos de utilidades pessoais aos consumidores, possíveis impactos dentro da gestão e novos modelos de negócio.

Biografia do Autor

Adolpho Nilson Prado, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - Campus Naviraí
Acadêmico do Curso de Administração da UFMS/CPNV, Turma de 2018.
Érica Cristina do Amaral Mattos, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - Campus Naviraí
Acadêmica do Curso de Administração da UFMS/CPNV, Turma de 2018. Possui graduação em Ciências Sociais pela UFMS/CPNV (2016).
Fábio da Silva Rodrigues, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - Campus Naviraí
Docente do Curso de Administração da UFMS/CPNV. Possui graduação em Administração pela Universidade Estadual de Maringá (2004), especialização em Economia e Gestão do Agronegócio pela UEM (2006), mestrado em Agronegócios pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2008) e doutorado em Administração pela Universidade Estadual de Maringá (2018). 

Referências

BORGES, L. Impressão 3D: o que é e quais seus tipos e benefícios?. 2018. Disponível em: <https://inteligencia.rockcontent.com/impressao-3d/>. Acesso em: 14 mai. 2019.

CARVALHO, I. No Met Gala 2019, a atração foram as roupas e acessórios feitos por impressoras 3D. 2019. Disponível em: <https://www.startse.com/noticia/nova-economia/64296/met-gala-2019-3d-startups>. Acesso em: 14 mai. 2019.

GIORDANO, C. M.; ZANCUL, E. S.; RODRIGUES, V. P. Análise dos Custos da Produção por Manufatura Aditiva em Comparação a Métodos Convencionais. Revista Produção Online. v. 16, n. 2, p. 499-523, 2016.

REVISTA GALILEU. Com tecido humano, cientistas imprimem coração em 3D pela primeira vez. 2019. Disponível em: <https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2019/04/com-tecido-humano-cientistas-imprimem-coracao-em-3d-pela-primeira-vez.html>. Acesso em: 14 mai. 2019.

RODRIGUES, L. F.; JESUS, R. A.; SCHÜTZER, K. Industrie 4.0 – Uma Revisão da Literatura. Revista de Ciência & Tecnologia, v. 19, n. 38, p. 33-45, 2016.

SARTORI, A.; CASSEL, R. A. Impactos da Manufatura Aditiva na Cadeia de Suprimentos. In: SIMPÓSIO DA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 25, Bauru, 2018. Anais. Bauru: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, 2019. ISSN 1809-7189.

VOLPATO, N.; CARVALHO, J. Prototipagem rápida como processo de fabricação. In: AHRENS, C. H. et al. Prototipagem rápida: tecnologias e aplicações. 1. ed. São Paulo: Blucher, 2007. p. 6-7.

VOLPATO, N.; CARVALHO, J. Introdução à manufatura aditiva ou impressão 3D. In: MUNHOZ, A. L. J. et al. Manufatura Aditiva: Tecnologias e aplicações da impressão 3D. 1.ed. São Paulo: Blucher, 2018. p. 15-29.

DILLA. Estereolitografia: o processo. Disponível em: <http://pt.3dilla.com/impressora-3d/estereolitografia/>. Acesso em: 14 mai. 2019.

Publicado
2019-10-14