GEOPROCESSAMENTO APLICADO NO PLANEJAMENTO TURÍSTICO: DISCUSSÃO TEÓRICA

Elisângela Martins de Carvalho, Rosane Balsan, Emerson Figueiredo Leite

Resumo


O turismo é um setor que vem crescendo na atualidade e tem se mostrado como interessante alternativa econômica para diversas regiões. No entanto para o desenvolvimento da atividade turística torna-se necessário o investimento em infraestrutura adequada, visando dar sustentação a mesma. A implantação de infraestrutura turística aliada à utilização de determinadas áreas pelos turistas, sem um planejamento adequado pode provocar impactos sobre o ambiente, que por sua vez, refletirá em todo o desenvolvimento da atividade. Os impactos do turismo são alterações provocadas pela ação humana, na prática turística ou na implantação de infraestrutura ou de apoio ao turismo. Nesse contexto a utilização de informações atualizadas, produzidas em um curto espaço de tempo e utilizando-se de técnicas específicas para a sua qualidade e confiabilidade é fundamental para auxiliar no planejamento turístico. Desse modo, o geoprocessamento caracterizado como um conjunto de técnicas e metodologias voltadas à obtenção e ao tratamento de informações espaciais torna-se uma ferramenta de importância, pois permite o levantamento, manipulação, análise e geração de uma grande quantidade de dados. Assim o presente artigo tem como objetivo realizar um estudo teórico metodológico das aplicações do geoprocessamento, como uma contribuição ao planejamento turístico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

  Creative Commons License  Este trabalho está licenciado sob uma Licença Internacional Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0