O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.

  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
  • Lista de checagem (checklist)

    O autor/a deve baixar, preencher e encaminhar, via documentos suplementares (quarto ponto do processo de submissão do trabalho), ao editor a lista de checagem, se comprometendo cumprir todas as normas editoriais da revista.  

    A lista pode ser acessada pelo link abaixo: 

    https://drive.google.com/open?id=1njtf9WSdQ-OBBOcaC1X3OldKZfvepP-Wfa07Qw2yRS0

  • Todos os textos aprovados na avaliação preliminar e que atendam aos requisitos mínimos apontados nas normas editoriais e na lista de checagem serão submetidos a dois pareceristas. Havendo pareceres contrários, recorrer-se-á a um terceiro.

    O autor terá acesso às avaliações dos pareceristas favoráveis e contrários. Quando da aprovação do artigo com sugestões dos pareceristas, os editores acompanharão as mudanças nos textos a partir das sugestões dos avaliadores.

    Cabe ao Conselho Editorial a decisão referente à oportunidade da publicação das contribuições recebidas e aprovadas.

    Cada autor só poderá ter um artigo em processo, entre o início da submissão e a publicação final. Será ainda observado um intervalo de um número entre a publicação e o início de um novo processo de submissão de texto.

Diretrizes para Autores

COMUM A TODOS/TODAS

  • Quando for o caso, a autoria deve constar em nota de rodapé as agências financiadoras que resultaram no trabalho a ser publicado.
  • Informar o número de Registro ORCID® (Open Researcher and Contributor ID). Caso não possua, fazer o cadastro através do link: <https://orcid.org/register>. O registro é gratuito e deve ser informado na lista de checagem (ver "condições para submissão", ponto 6).
  • Conheça os critérios de avaliação de textos. Consulte os formulários utilizados pelos pareceristas em "sobre", "políticas", "política de avaliação".

ARTIGO

  • A autoria deve eliminar do texto das notas qualquer referência que possa identificá-la.
  • Título no idioma original e em inglês e opcionalmente espanhol, em negrito, inicial em Maiúscula, centralizado, tamanho da fonte 12pt;
  • Resumo em um único parágrafo, de 10 a 20 linhas, acompanhado de três palavras-chave no idioma original e em inglês ou espanhol; espaço simples e 12 pt, separadas por ponto e vígula (;);
  • Abstract em Inglês e, opcionalmente, Resumen em espanhol, seguindo as mesmas normas do Resumo, com keywords
  • Sub-títulos, em Maiúscula e negrito, com espaçamento simples entre parágrafos, recuo a esquerda; 
  • Texto completo, sem indicação de autoria, escrito em Arial 12 pt e com espaçamento de 1,5; Parágrafo 1,5 cm. O texto deverá ter a extensão mínima de 25.000 caracteres com espaço e máxima de 50.000 caracteres com espaço, incluídas as referências bibliográficas e notas.
  • As notas de rodapé devem ser usadas quando necessário, sendo exclusivamente explicativas ou para citação de fontes documentais.
  • As referências das obras citadas devem ser listadas ao final do texto, em ordem alfabética, em fonte Arial, em corpo 12 e com espaçamento simples. Cada referência deve constar em um parágrafo e estar separada por um espaço simples. (Ver exemplos a seguir). No caso das fontes essas deverão ser arroladas nas referências na sequência à bibliografia, com o subtítulo FONTES (negrito e caixa alta).
  • As Margens devem ter 2,5 cm à direita, esquerda, superior e inferior. 

ENSAIO DE GRADUAÇÃO

  • Título no idioma original do artigo e em inglês e opcionalmente em espanhol; em negrito, inicial em Maiúscula, centralizado;
  • Resumo em um único parágrafo, de 10 a 20 linhas, acompanhado de três palavras-chave no idioma original e em inglês ou espanhol; espaço simples e 12 pt.
  • Abstract em Inglês e, opcionalmente, Resumen em espanhol, seguindo as mesmas normas do Resumo, com keywords;
  • Sub-títulos, em Maiúscula e negrito, com espaçamento simples entre parágrafos, recuo a esquerda; 
  • Texto completo, sem indicação de autoria, escrito em Arial 12 pt e com espaçamento de 1,5; Parágrafo 1,5 cm. O texto deverá ter a extensão mínima de 17.000 caracteres com espaço e máxima de 40.000 caracteres com espaço, incluídas as referências bibliográficas e notas.
  • As notas de rodapé devem ser usadas quando necessário, sendo exclusivamente explicativas ou para citação de fontes documentais.
  • As referências das obras citadas devem ser listadas ao final do texto, em ordem alfabética, com os nomes dos autores completos, em fonte Arial, em corpo 12 e com espaçamento simples. Cada referência deve constar em um parágrafo e estar separada por um espaço simples. (Ver exemplos a seguir). No caso das fontes essas deverão ser arroladas nas referências na sequência à bibliografia.
  • As Margens devem ter 2,5 cm à direita, esquerda, superior e inferior.

CITAÇÕES
As citações no interior do parágrafo devem obedecer as seguintes normas: um autor (THOMPSON, 1998, p.); dois autores (BRESCIANI; NAXARA, 2001, p.); três ou mais autores (VIEIRA et al., 1998, p.).Trabalhos com mesmo(s) autor(es) e mesma data devem ser distinguidos por letras minúsculas logo após a data (BENJAMIN, 1998b, p. ). Não utilizar op. cit. e evitar o uso de apud.
As citações de mais de 3 linhas (4 ou mais) devem ser digitadas em corpo 11, com espaçamento simples entre as linhas e destacadas do texto por margem esquerda maior que a do parágrafo (1,5 cm), com o recuo de 2 cm; as citações de até três linhas devem integrar o corpo do texto e serem assinaladas entre aspas, constando, a seguir, o sobrenome do autor, ano e página. Ex: (THOMPSON, 1981, p.27)

IMAGENS e TABELAS

As imagens, tabelas e gráficos respeitam as diretrizes da revista.

Tabelas estão em formato doc ou docx e em formato tif/tiff no corpo do texto, com resolução 300 dpis;

Imagens e gráficos estão em arquivo de imagem, formato jpg e tif/tiff com resolução 300 dpis, no corpo do texto;

Os títulos e notas de rodapé, de tabelas, imagens e gráficos devem aparecer abaixo das imagens e gráficos;

As imagens utilizadas estão livres de copyright;

Caso estejam sob copyright, a autorização do detentor do copyright está nos documentos suplementares por escrito e assinada.

NOTAS DE RODAPÉ
Inserir as notas em fonte (tipo) Arial (não usar sublinhado e usar itálico só para grafia de palavras estrangeiras), em corpo 10p, com espaçamento simples entre as linhas. As notas devem ser colocadas no pé de página, em modo de impressão (devem ficar visíveis na página). As notas devem ser utilizadas como elemento explicativo e não para dar lugar às referências, que devem constar somente nas "Referências", ao final do texto.

RESENHAS

O objetivo de uma resenha deve ser o de apresentar uma determinada obra localizando a mesma no contexto da produção do autor resenhado e da historiografia. No texto devem estar presentes também as impressões do autor da resenha sobre a obra resenhada, e as contribuições da obra para a história e historiografia.

As Resenhas não devem conter título e devem apresentar a referência completa da obra analisada, com a indicação do número de páginas, contendo de 4.000 a 8.000 caracteres. (Resenhas devem ser de publicações com, no máximo, três anos).

Ex: 

SILVA, Flávio Marcus da. Subsistência e poder: a política do abastecimento alimentar nas Minas setecentistas. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2008. 293p.

TRADUÇÕES

Serão aceitas traduções de textos inéditos para a língua portuguesa, devidamente acompanhadas da autorização do autor do texto original ou dos detentores dos direitos autorais de publicação;

O texto traduzido deve seguir as normas para artigos da Revista Trilhas da História;

Os dados do tradutor devem seguir a formatação proposta para artigos, em nota de rodapé;

Os dados do autor devem seguir a formatação proposta para artigos, em nota de rodapé, acompanhado de referências completas do texto original;

Caso o texto original não contenha resumo de apresentação, o tradutor deve assim faze-lo acompanhado de palavras-chave.

FONTES 

O texto que traz uma fonte inédita deve conter título, nome dos autores (no máximo dois autores), discussão teórica e metodológica, tendo de 10.000 a 12.000 caracteres, seguindo as normas indicadas para o Artigo e Ensaio.

O autor deve informar as características da fonte, autoria, arquivo em que se encontra e localização no arquivo.

REFERÊNCIAS 
São consideradas referências somente as obras mencionadas no interior do texto. Seguir os modelos relacionados abaixo, em espaço simples:

ARTIGOS DE PERIÓDICOS:
POLLAK, Michel.  Memória, Esquecimento, Silêncio. Estudos Históricos. Rio de Janeiro, vol. 2, n.3, p.3-15, 1989.

TESES E DISSERTAÇÕES
BORGES, Maria Stela Lemos. Terra, ponto de partida, ponto de chegada: um estudo de identidade do trabalhador rural na luta pela terra. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 1989, 223 p.

LIVROS
GOMES, Angela de Castro. Burguesia e trabalho: política e legislação social no Brasil (1917-1937). Rio de Janeiro: Campus, 1979.

CAPÍTULOS DE LIVROS:
SHARPE, Jim. A história vista de baixo. In: BURKE, Peter. (Org.). A Escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: Editora Unesp, 1992, p. 39-62.

TRABALHOS APRESENTADOS EM EVENTOS

LUCA, Tânia Regina de. Em busca de uma nova fronteira: o português do Brasil. In: Anais do XX Simpósio da Associação Nacional de História. História: fronteiras (1999 Florianopolis-SC). São Paulo: Humanitas – FFLCH-USP/ANPUH, 1999, p. 367-378. Disponível em: http://anais.anpuh.org/?p=13845; Acesso em: dd mmm. ano.

CITAÇÕES DE SITES:
SOBRENOME, Nome. Título. Data (se houver). Disponível em http://.... Acesso em dia/mês/ano.

ENVIO DE TRABALHOS
O envio de trabalhos originais implica a cessão automática de direitos autorais e de publicação à revista. A publicação do trabalho será informada via e-mail.

Dossiê

Política padrão de seção

Artigos livres

Política padrão de seção

Ensaios de Graduação

Política padrão de seção

Resenhas

Política padrão de seção

Fontes

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.