O ALUNO DO ENSINO PRIMÁRIO E ÀS DIFICULDADES ESPECÍFICAS DE APRENDIZAGEM: CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA E LEITURA DE PALAVRAS

MARIA VERONICA SANTANA SALES, MARIA APARECIDA SANTOS E CAMPOS

Resumo


Objetivo verificar se as habilidades consideradas no CONFIAS e o Teste de palavras isoladas predizem problemas de aprendizagem da leitura. Metodologia descritiva correlacional. Amostra 56 alunos do 1º ano  ensino fundamental, idade: 5 e 7 anos. Resultados: habilidades metalinguísticas silábicas, fonêmicas,  menor na consciência fonêmica.  Desempenho geral insatisfatório, habilidades consideradas no CONFIAS, que prediz problemas de aprendizagem de leitura,  cognitivas metalinguísticas pouco desenvolvidas. Resultados obtidos na leitura de palavras isoladas, melhor desempenho na leitura de palavras regulares comparado a  palavras irregulares e pseudopalavras, porém, nesta avaliação, no geral, o resultado confirma a correlação. 


Palavras-chave


Consciência Fonológica; Habilidades; Leitura de Palavras.

Texto completo:

PDF

Referências


ADAMS, M. . Beginning to read: thinking and learning about print .Cambridge: The MIT Press, 1990.

ADAMS, M. Consciência fonológica em crianças pequenas (R. Costa, Trad.). Porto Alegre: Artes Médicas, 2006.

ALMEIDA, G. Dislexia: o grande desafio em sala de aula. Revista Eletrônica de Divulgação Científica da Faculdade Don Domênico, v. 2, out, 2009.

ALVES, D., FREITAS, M., e COSTA, T. PNEP - O conhecimento da Língua: Desenvolver a consciência fonológica. Lisboa: Ministério da Educação, 2007.

BERNARDINO, J., FREITAS, F., SOUZA, D., MARANHE, E., & BANDINI, H. Aquisição da leitura e escrita como resultado do ensino de habilidades de consciência fonológica. Revista Brasileira de Educação Especial, v. 12 (3), 423-450, 2006.

BLACHMAN, B. Phonological awareness.In M. Kamil, B. Mosental, P. PEARSON, & R. BARR (Ed.).Handbook of reading research. Mahwah, NJ: Lawrence Erlbaum Associates, p. 483-502, 2000.

CAMPBELL, R. & BUTTERWORTH, B. Phonological dyslexia and dysgraphia in a highly literate subject: A developmental case with associated deficits of phonemic processing and awareness. QuarterlyJournalof Experimental Psychology, v. 37, p. 435-475, 1985.

CAPELLINI, S., & CIASCA, S. Avaliação da consciência fonológica em crianças com distúrbio específico de leitura e escrita e distúrbio de aprendizagem. Temas de Desenvolvimento, 8 (48), p. 17-23, 2000.

CAPOVILLA, A., & CAPOVILLA, F. Problemas de leitura e escrita: comoidentificar, prevenir e remediar numa abordagem fônica. São Paulo: Memnon, Fapesp, 2000.

CAPOVILLA, A., & CAPOVILLA, F. Alfabetização: Método Fônico. São Paulo: Memnon, 2007.

CAPOVILLA, F., COLORNI, R., NICO, M., & CAPOVILLA, A.A leitura em voz alta, tomada de ditado, manipulação fonêmica, e relações entre elas: efeitos de características de palavras (frequência, regularidade, lexicalidade) e de nível de escolaridade [versão eletr|ônica]. II Congresso de Neuropsicologia; São Paulo, 1995. Disponivel em. Acesso em 13 set., 2010.

CARDOSO-MARTINS, C. A consciência fonológica e a aprendizagem inicial da leitura e da escrita. Cad. Pesq., 76, 41 – 49, 1991.

COLTHEART, M, Lexiacal access in simple reading tasks.In G. Underwood (Ed.). Strategies of information processing Londres: Academic Press, p. 151-216, 1978.

COLTHEART, M. Modeling Reading: The Dual-Route Approach. In M. J. Snowling, & C. Hulme.The Science of Reading – a handbook. Oxford, UK: Blackwell Publishing, p. 6-23, 2005.

CORREIA, L. de. Dificuldades de aprendizagem específicas. Porto: Porto Editora, 2008.

CUETOS, S. Psocologia de lalectura. Doagnóstico y tratamiento. Madrid, Escuela Espãnola, 1990.

EHRI, L. Learning to Read Words: Theory, Findings and Issues. Scientific Studies Reading, v. 9 (2), 167-188, 2005.

FONSECA, V. da.Psicomotricidade: perspectivas multidisciplinares. Porto Alegre: Artmed, 2004.

FREITAS, G.. Sobre a consciência fonológica. In R. R. Lamprecht. Aquisição Fonológica do Português: Perfil de Desenvolvimento e Subsídios para a Terapia, Porto Alegre: Artmed, p. 177-192, 2004.

FRITH, U. Beneath the surface of developmental dyslexia. Londres: LEA, 1985.

FRITH, U. Dyslexia as a developmental disorder of language. London: MRC, Cognitive Development Unit, 1990.

GAGNÉ, E., YEKOVICH, C., & YEKOVICH, F. The cognitive psychology of school learning.New York: Harper Collins, 1993.

GINDRI, G., KESKE-SOARES, M., & MOTA, H. Comparação do desempenho de crianças pré-escolares e de primeira série em tarefas envolvendo a memória de trabalho. Rev Soc Bras Fonoaudiol, v. 10(4), p. 201-206, 2005.

GINDRI, G., KESKE-SOARES, M., & MOTA, H. Memória de trabalho, consciência fonológica e hipótese de escrita.Pró-Fono, v.19(3), p.313-322, 2007.

GOMBERT, J. Les activités métalinguistiques comme objet d’étude de la psycholinguistique cognitive. Bulletin de Psychologie, 399, p. 92-99, 1991.

GOSWAMI, U. Children's use of analogy in learning to read: a developmental study. Journal of Experimental Child Psychology, v. 42, 73-83, 1986.

HARLEY, TMajor Review: connectionist approaches to language disorders. Aphasiology, v. 7, 221-229, 1993.

LANE, H., & PULLEN, P. A Sound Beginning: Phonological Awareness Assessment and Instruction. USA: Pearson Education, Inc, 2004.

MARTIM, M. Dificultadesglobales de aprendizaje. In S. Garcia (Ed.), Bases Psicopedagógicas de laeducation especial Madrid: Marfil, p. 145-168, 1994.

MOOJEN, S. (Coord.),CONFIAS consciência fonológica: instrumento de avaliação sequencial. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

MORAIS, J. A Arte de ler: psicologia cognitiva da leitura. Lisboa: Edições Cosmos, 1996.

MORTON, J. An information-processing account of reading acquisition.In A. M. GALABURDA (ed.). From reading to neurons Cambridge, MA: MIT Press, p. 43-68, 1989.

NASCIMENTO, L., & KNOBEL, K. Habilidades auditivas e consciência fonológica: da teoria à prática. São Paulo: Pró-Fono, 2009.

NUNES, T., BUARQUE, L., & BRYANT, P. Dificuldades na aprendizagem da leitura: teoria e prática.São Paulo: Cortez, 1992.

PATTERSON, K., & KEY, J. Letter-by-letter reading: Psychological description of a neurological syndrome.QuarterlyJournalof Experimental Psychology, v. 43A, p.411- 441, 1982.

PESTUN, M. Avaliação psicopedagógica em dislexia: um estudo de caso. PSI – Revista de Psicologia Social e Institucional, v. 1, p. 37-42, 1999.

PESTUN, M. Consciência fonológica no início da escolarização e o desempenho ulterior em leitura e escrita: estudo correlacional. Estudos de Psicologia, 10, 407-412, 2005.

PINHEIRO,A. Leitura e escrita: uma abordagem cognitiva. Campinas: Psy II, 1994.

SALLES, J.O Uso das Rotas de Leitura Fonológica e Lexical em Escolares: Relações com Compreensão, Tempo de Leitura e Consciência Fonológica.Dissertação (Mestrado apresentada ao Curso de Pós-Graduação em Psicologia do Desenvolvimento) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2001.

SALLES, J., & PARENTE, M.. Relação entre os processoscognitivos envolvidos na leitura de palavras e as habilidades de consciência fonológica em escolares. Pró-Fono Revista de Atualização Científica, 14 (2), 141-286, 2002.

SALES, M.V. S. O indivíduo face as dificuldades específicas de aprendizagem: consciência fonológica e leitura de palavras, 2015. 85 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação) Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Instituto de Comunicação, Lisboa, 2015.

SHALLICE, T., & WARRINTON, K..Single and multiple component central dyslexia syndromes.In M. Coltheart, K.E. Patterson, e J.C. Marshhall (Ed.).Deep Dyslexia. London: Routledge and Kegan Paul, p. 413-429, 1980.

SHAYWITZ, S, Entendendo da dyslexia. Um novo e completo programa para todos os níveis de problemas de leitura. Porto Alegre: Artmed, 2003.

SIM-SIM, I.Do uso da linguagem à consciência linguística. In I. Sim-Sim, Desenvolvimento da Linguagem Lisboa: Universidade Aberta, p. 225-236, 1998.

SOUSA, Ó. de. Competência ortográfica e competências linguísticas. Lisboa: Instituto Superior de Psicologia Aplicada, 1999.

SOUSA. Ó. de. Ortografia e Escola. Revista de Humanidades e Tecnologias, v.3, p95-103, 2000.

SPRENGER-CHAROLLES, L., &Colé, P. La lecture et dyslexie. Approche Cognitive. Paris: Dunod, 2006.

VAN HOUT, A. Avaliação – As análises de erros - Primeiras abordagens neurolinguísticas.In A. Van Hout& F. Estienne A (Org.). Dislexias: descrição, avaliação, explicação e tratamento (C. Schilling, Trad). Porto Alegre: Artmed, p. 171-174, 2001.

VIANA, F. As rimas e a consciência fonológica. Conferência proferida no Encontro de Professores Intervenientes em Bibliotecas Escolares e Centros de Recursos, Lisboa, 4- 6, dez, 2006.

VYGOTSKY, L.. Pensamento e linguagem. (2ª ed.). São Paulo: Martins Fontes, 1993.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista GeoPantanal - ISSN 2446-8681 (eletrônico)

Revista GeoPantanal - ISSN 1517-4999 (impresso)