Mal estar do professor da rede pública

  • Vanessa Borri PUC/PR USP/Esalq
  • Adeliany Marielcy Rodrigues dos Santos
  • Ellene Carla Baettker
  • Rejane Teixeira Coelho

Resumo

A partir de uma pesquisa bibliográfica sobre o mal- estar do professor da rede pública, utilizando como referencial teórico os autores Karl Marx – com a reflexão sobre trabalho alienado e trabalho criativo na sociedade capitalista- e Christophe Dejours – com os aspectos da psicodinâmica no trabalho – e o presente artigo contextualiza a educação brasileira da rede pública; caracteriza as principais psicopatologias que são adquiridas pelo professor em seu campo de  trabalho; analisando a relação entre problemas psíquicos e sintomas psicossomáticos; manifestações de angústia, alienação, ansiedade, exaustão emocional; além de estresse ocupacional e Síndrome de Burnout em quem exerce a profissão de professor.

Publicado
2020-10-31
Como Citar
BORRI, V.; RODRIGUES DOS SANTOS, A. M.; BAETTKER, E. C.; TEIXEIRA COELHO, R. Mal estar do professor da rede pública. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 4, n. 1, 31 out. 2020.