Uso de materiais montessorianos: o processo de apropriação em uma escola montessoriana

  • Karina Grzeça UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
  • Maria Cecilia Bueno Fischer UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Resumo

Este trabalho apresenta considerações sobre uma pesquisa na qual buscou-se compreender como ocorre o processo de apropriação no uso de alguns materiais montessorianos no ensino de matemática em uma escola montessoriana. Neste trabalho apresentamos os principais princípios do Sistema Montessoriano. Abordamos também as principais etapas da pesquisa que foi a leitura e analise de algumas obras de Maria Montessori e as respectivas comparações com uma escola montessoriana que aplica atualmente este sistema de ensino em sala de aula. A pesquisa apresentada neste trabalho possui vertente histórica tento em vista que se analisa a apropriação no uso de materiais montessorianos para o ensino de matemática nos dias atuais, em relação ao que foi proposto por Maria Montessori no livro Psico-Aritmética há mais de 80 anos. Concluímos este trabalho mostrando que a escola observada se apropriou do uso dos materiais para ensino de matemática através de várias situações, como a modificação de alguns materiais, o acréscimo de objetos a materiais montessorianos, a forma como alguns materiais são manipulados e também pela criação de outros materiais.

Biografia do Autor

Karina Grzeça, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Mestranda no Mestrado Acadêmico em Ensino de Matemática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com pesquisa voltada para o estudo do Sistema Montessoriano. Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2017). Atualmente é Professora de Matemática na rede pública de Bento Gonçalves. Já atuou como Professora Substituta de Matemática no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS)- Campus Bento Gonçalves no qual foi professora do Ensino Médio Técnico, Cursos Técnicos Subsequentes e Ensino Superior. Foi monitora de matemática no Colégio Província de São Pedro, o qual trabalha com a metodologia montessoriana. Foi bolsista do Programa Institucional de Bolsa de iniciação à Docência- Subprojeto Matemática UFRGS por 3 anos e sete meses. E-mail: karinagrzeca@hotmail.com

Maria Cecilia Bueno Fischer, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Possui graduação em Ciências Habilitação Matemática, Licenciatura Plena, pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1980), mestrado em Matemática e Computação Científica pela Universidade Federal de Santa Catarina (1985) e doutorado em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2004). Realizou doutorado-sanduíche em 2003-2004 em Braga, Portugal, e estágio pós-doutoral em Lisboa, Portugal, em 2007-2008. É professora adjunta da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atuando no curso de Licenciatura em Matemática e no mestrado em ensino de Matemática. É pesquisadora do Grupo de Pesquisa de História da Educação Matemática no Brasil (GHEMAT). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: matemática, ensino-aprendizagem, avaliação e história da educação matemática. E-mail: ceciliafischer@ufrgs.br.

Referências

Chartier, R. (1991). O mundo como representação. In: Estudos avançados 11 (5). São Paulo-IEA-USP p.173-191.

Chartier, R. (2009). A história ou a leitura do tempo. Tradução de Cristina Antunes. Belo Horizonte: Autêntica Editora.

Montessori, M. (1934) Psico-Aritmética: el estudo de la aritmética basado en la psicología infantil. Barcelona. 1ª edição.

Montessori, M. (1965). Pedagogia científica: a descoberta da criança. Tradução de Aury Azélio Brunetti. São Paulo: Flamboyant.

Montessori, M. (1985). Mente Absorvente. Tradução de Wilma Freitas Ronald de Carvalho. Rio de Janeiro: Portugália.

Publicado
2020-10-26
Como Citar
Grzeça, K., & Cecilia Bueno Fischer, M. (2020). Uso de materiais montessorianos: o processo de apropriação em uma escola montessoriana. Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (5), 1-5. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/10908
Seção
Sessões Coordenadas