História da Educação Matemática na formação do professor de Matemática: o uso dos Blocos Lógicos no contexto do Movimento da Matemática Moderna

  • Tiely Virginio da Hora Lima Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Liliane dos Santos Gutierre Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Resumo

Este trabalho coaduna com a escrita do nosso relatório final de Iniciação Cientifica (IC) que será apresentado a Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), no segundo semestre de 2020. Em nossa pesquisa de IC, investigamos sobre a influência da História da Educação Matemática em professores que ensinam ou ensinaram Matemática no estado do Rio Grande do Norte, quando do uso do material Blocos Lógicos nesse ensino, que fora proposto por Zoltan Paul Dienes (1916-2014), durante o período em que o Movimento da Matemática Moderna (MMM) foi considerado fracassado no Brasil. Para tanto, foi feito um levantamento bibliográfico sobre esse Movimento, além de mobilizarmos elementos da História Oral ao realizarmos 11 entrevistas: a transcrição, a textualização e a carta de cessão de direitos (Garnica & Souza, 2012). A partir das análises dessas entrevistas, constatamos que 6 professores conheciam os Blocos Lógicos, dos quais 4 os utilizavam em suas aulas, porém essa utilização não era à luz do MMM.

Biografia do Autor

Tiely Virginio da Hora Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Licencianda em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Brasil. E-mail: tielyvirginio@gmail.com.

Liliane dos Santos Gutierre, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Pós-Doutorado em Educação/ Licenciada em Matemática Licenciatura Plena e Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professora, Brasil. Email: lilianegutierre@gmail.com.

Referências

Búrigo, E. Z. (2006) O movimento da matemática moderna no Brasil: encontro de certezas e ambiguidades. Revista Diálogo Educacional, 6 (18), 35-47 Pontifícia Universidade Católica. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=189116273004.

Dienes, Z. P. (1972) As seis etapas do processo de aprendizagem em matemática. Tradução de Maria Pio de Macedo Chartier e René François Joseph Chartier. São Paulo, SP: Helder.

Garnica, A. V. M. & Souza, L. A. de. (2012) Elementos de História da Educação Matemática. São Paulo: Cultura Acadêmica. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/109211/ISBN9788579832932.pdf?sequence=1&isAllowed=y.

Gil, A. C. (2002) Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª Ed. São Paulo: Atlas.

Gutierre L. dos S. & Pontes, M. de O. (2018) História da Educação Matemática na Formação do Pedagogo: um olhar para o uso dos Blocos Lógicos em sala de aula. In: Edição Especial Temática: História, Filosofia e Educação Matemática Sinop, 9 (2) (24. ed.). 717-742.

Kline, M. (1976) O fracasso da matemática moderna. Tradução: Leônidas Contijo de Carvalho. São Paulo: IBRASA.

Meihy, J. C. S. B. (2005) Manual de História Oral. 5 ed. São Paulo: Edições Loyola.

Soares, F. (2008) Ensino de matemática e matemática moderna em congressos no Brasil e no mundo. Revista Diálogo Educacional, 8 (25), 727-744.

Publicado
2020-10-26
Como Citar
Virginio da Hora Lima, T., & dos Santos Gutierre, L. (2020). História da Educação Matemática na formação do professor de Matemática: o uso dos Blocos Lógicos no contexto do Movimento da Matemática Moderna. Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (5), 1-5. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/11133
Seção
Sessões Coordenadas