Percurso Histórico da Educação de Surdos no Brasil

  • José Matheus Pinheiro da Fonseca da Silva Uniderp
  • Kátia Guerchi Gonzales Uniderp

Resumo

Esse trabalho faz parte de uma pesquisa de mestrado em andamento que tem como foco principal a compreensão da constituição dos conhecimentos pedagógicos e matemáticos de um aluno surdo, em um curso presencial de licenciatura matemática, de uma universidade particular em Campo Grande – MS. O estudo, apresenta os primeiros levantamentos a respeito da pesquisa, constituindo um breve levantamento bibliográfico do percurso histórico da educação dos estudantes surdos até os dias atuais. Diante do histórico e legislações, foi possível observar que durante os anos ocorreram vários avanços na educação especial, mas está longe de ser a mais adequada para o ensino de surdos nas escolas de ensino regular.

Biografia do Autor

José Matheus Pinheiro da Fonseca da Silva, Uniderp

Mestrando no Programa de Pós-graduação stricto sensu Mestrado em Ensino de Ciências e Licenciado em Matemática pela Universidade para o Desenvolvimento do Pantanal – UNIDERP/Anhanguera, Brasil. E-mail: josesilva9059@gmail.com.

Kátia Guerchi Gonzales, Uniderp

Doutora em Educação para a Ciência pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) – Câmpus de Bauru. Professora do Programa de Pós-graduação stricto sensu Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática da Universidade para o Desenvolvimento do Pantanal – UNIDERP/Anhanguera e do Ensino Superior na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Brasil. E-mail: profkatiaguerchi@gmail.com.

Referências

Borges, F. A. (2013). A Educação Inclusiva Para Surdos: uma Análise do Saber Matemático Intermediado Pelo Intérprete de Libras. Tese de Doutorado em Educação. Maringá: Universidade Estadual de Maringá.

Coutinho, M. D. M. C. A. da. (2015). Construção de Saberes Num Contexto de Educação Bilíngue Para Surdos em Aulas de Matemática Numa perspectiva de Letramento. Tese de Doutorado em Educação Campinas: Unicamp.

Constituição da República Federativa do Brasil: de 1988. (1988, 5 de dezembro). Brasília. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm.

Decreto-Lei n. 5.626 de 22 de dezembro de 2000. Regulamenta a Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - Libras, e o art. 18 da Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000.

Lei n.9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm.

Lei n. 10.436, de 24 de abril de 2002. Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - Libras e dá outras providências. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2002/L10436.htm.

Moura, A. Q. (2015). Educação Matemática e Crianças Surdas: Explorando Possibilidades em um Cenário Para Investigação. Dissertação de Mestrado em Educação. Rio Claro: Universidade Estadual Paulista

Sales, F. R. (2013). A Visualização no Ensino de Matemática: uma Experiência com Alunos Surdos. Tese de Doutorado em Educação. Rio Claro: Universidade Estadual Paulista.

Portaria n. 948 de 22 de dezembro de 2005. Dispõe Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/politica.pdf.

Ministério da Educação (MEC). (2007). Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. Brasília.

Publicado
2020-10-26
Como Citar
Silva, J. M. P. da F. da, & Gonzales, K. G. (2020). Percurso Histórico da Educação de Surdos no Brasil. Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (5), 1-6. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/11135
Seção
Sessões Coordenadas