Obras de didática de matemática para o aperfeiçoamento e difusão do ensino secundário em meados do século XX

  • Eduarda Pereira de Assis Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Jaqueline do Nascimento Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Resumo

Este artigo tem por objetivo apresentar e tornar conhecida as obras “Apostilas de Didática Especial de Matemática”, de Ceres Marques de Moraes, Júlio César de Mello e Souza e Manoel Jairo Bezerra, publicada em 1959 e “Didática Especial de Matemática” de Manoel Jairo Bezerra, publicada em 1962. As obras em análise foram produzidas pela Campanha de Aperfeiçoamento e Difusão do Ensino Secundário - CADES, a qual teve vigência no Brasil, aproximadamente entre as décadas de 1950 e 1970, com atuação e influência em diversas regiões do país no que diz respeito à formação e aperfeiçoamento da prática docente. O interesse pelo estudo e análise destes livros, se deu pelo fato de acreditarmos que tenha sido utilizado como material suporte para difusão de pensamentos e ideias em determinada conjuntura do ensino secundário. Observamos por meio destas obras que há contrapontos entre os problemas enfrentados na educação brasileira na época e que permanecem até a atualidade.

Biografia do Autor

Eduarda Pereira de Assis, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Licencianda em matemática pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), Brasil. E-mail: dudaassis.p@gmail.com.

Jaqueline do Nascimento, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Licencianda em matemática pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), Brasil. E-mail: jaque_nasci@hotmail.com.

Referências

Bezerra, M. J. (1962). Didática especial de matemática. São Paulo: CADES.

Borges, R. A. S. (2005). A matemática moderna no Brasil: as primeiras experiências e propostas de seu ensino. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática. São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Disponível em: https://tede2.pucsp.br/bitstream/handle/11118/1/dissertacao_rosimeire_ap_soares_borges.pdf.

Gaertner, R. & Baraldi, I. M. (2014). Formação de professores (de matemática): textos e contextos de uma campanha. Revista Dynamis, 20, 28-38. Disponível em: http://dx.doi.org/10.7867/1982-4866.2014v20n1p28-38.

Lorenzato, S. (2004). Malba Tahan – um precursor. Disponível em: http://www.dma.ufv.br/downloads/MAT%20208/2017-II/textos/Malba%20Tahan%20-%20MAT%20208%20-%202017-II.pdf.

Maciel, L.S.K.R. (2010). Adeus Manoel Jairo Bezerra. Disponível em: http://www.sbem.com.br/files/jairo.pdf.

Moraes, C. M. de, Souza, J. C. de M. & Bezerra, M. J. (1959). Apostilas de didática

de matemática. São Paulo: CADES.

Pinto, D. C. (2008). Campanha de aperfeiçoamento e difusão do ensino secundário: uma trajetória bem sucedida? Disponível em: http://www.sbhe.org.br/novo/congressos/cbhe1/anais/044_diana_couto.pdf.

Valente, W. R. (2007). História da Educação Matemática: interrogações metodológicas. Revemat - Revista Eletrônica de Educação Matemática, Florianópolis, 22, 28-49. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/revemat.

Publicado
2020-11-04
Como Citar
de Assis, E. P., & do Nascimento, J. (2020). Obras de didática de matemática para o aperfeiçoamento e difusão do ensino secundário em meados do século XX. Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (5), 1-5. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/11174
Seção
Sessões Coordenadas